O tempo de entrega de moldes e matrizes, é um dos indicadores que as ferramentarias nacionais tem uma concorrência acirrada com o mercado de ferramentarias estrangeiras, principalmente com as ferramentarias de origem asiática.

No Brasil, em 90% dos casos as empresas que necessitam de moldes e matrizes de alta tecnologia, com sofisticados sistemas de injeção e projeto fazem aquisição de produtos importados. Além das questões técnicas e tecnológicas, o custo e o prazo de entrega dos moldes são os principais diferenciais estratégicos, apresentados pelas ferramentarias estrangeiras.

Segundo a ISTMA , os cinco principais fabricantes de moldes à nível mundial são:

País Market Share
China 34,3%
EUA 29,8%
Japão 15,2%
Alemanha 7,7%

Fonte: ISTMA

Os clientes das ferramentarias, avaliam vários fatores para tomar uma decisão de compra, dentre eles: qualidade, custo e prazo de entrega. Sendo que o prazo de entrega, tem um impacto muito grande na tomada da decisão para o fechamento do negócio com as ferramentarias.

ferramental-cimatron-alemanha-fit-tecnologia

 

O lead time ou o prazo de entrega de um molde, fabricado pelas ferramentarias, pode variar conforme as complexidades do projeto e a quantidade de horas gastas para o seu desenvolvimento.

Os moldes de injeção podem ser classificados conforme sua complexidade:

    • Moldes de baixa complexidade: Moldes de simples abertura e fechamento, sem mecanismos e articulações.
    • Moldes de média complexidade: Moldes que possuem mecanismos (articulações) simples, acionados com o movimento de abertura e fechamento do molde (mecanicamente).
    • Moldes de alta complexidade: Moldes que possuem mecanismos acionados hidraulicamente ou necessitam de uma terceira abertura do molde para realizar o movimento da articulação.

O tempo de entrega de um moldes e matrizes pode apresentar diversas variáveis, podendo aumentar ou diminuir o seu tempo de fabricação, podemos citar alguns exemplos:

  1. O prazo de entrega varia conforme a complexidade do molde de injeção;
  2. A comunicação entre as ferramentarias e seus clientes, quando o molde é importado pode apresentar dificuldades na comunicação;
  3. A aplicação de tecnologias avançadas e softwares específicos;
  4. Conhecimento técnico dos profissionais;
  5. Burocracias de importação e exportação;
  6. Entre outras variáveis.

Muito se fala na necessidade do desenvolvimento de um plano estratégico no segmento de ferramentarias no Brasil, a ABINFER, desenvolve esta ferramenta de gestão da administração.

O planejamento estratégico, que é uma ferramenta de gestão e que tem como finalidade o desenvolvimento de planos estratégicos que contemplam os objetivos e as metas a serem alcançadas, e que utiliza de todos os recursos disponíveis com eficiência e que gera impacto na produtividade e nos resultados. Para isso é importante conhecermos o mercado de atuação e os concorrentes para traçarmos planos estratégicos.

Neste contexto, abordaremos o assunto que impacta no lead time das ferramentarias para executar seus projetos de fabricação de moldes e matrizes, considerando os seguintes países: Brasil, Alemanha, Portugal e EUA.

Perfil das ferramentarias no Brasil

  • No Brasil temos aproximadamente 2.000 ferramentarias;
  • Cerca de 90% das ferramentarias tem menos de 20 profissionais;
  • ABINFER é a associação de fabricantes de moldes brasileira;
  • As ferramentarias estão concentradas nas regiões sudeste e sul do Brasil, tendo como destaque os seguintes Estados: SP, SC e RS. MG, PR e RJ;
  • O segmento é diversificado e complexo;
  • Alto custo da mão de obra especializada e falta capacitação;
  • Utilização da Rede SENAI para capacitação;
  • Apesar de ter em alguns casos produção artesanal, apresenta boa qualidade;
  • O lead time, o prazo de entrega é longo, comparado aos concorrentes
  • Falta maturidade na aplicação de algumas tecnologias aplicadas ao setor;
  • Não tem uma política governamental específica para o setor;
  • O Brasil importa cerca de 50% das necessidades de moldes;
  • Os maiores concorrentes são as ferramentarias asiáticas.

Perfil das ferramentarias na Alemanha

  • A Alemanha possui cerca de 5.000 ferramentarias;
  • Cerca de 80% das ferramentarias da Alemanha tem menos de 20 funcionários;
  • A associação dos fabricantes de moldes é a VDWF (Association of German Tool and MoldMmakers);
  • As ferramentarias da Alemanha não estão concentradas em uma determinada região do país;
  • Apresenta: Competência em design, alto nível de qualidade, desenvolve cooperação com clientes;
  • Profissionais qualificados;
  • Possui uma ótima rede de pesquisa e de desenvolvimento;
  • Os salários de seus profissionais são considerados altos bem como os custos com treinamentos;
  • Os maiores concorrentes das ferramentarias são do leste europeu e asiáticos.

Perfil das ferramentarias em Portugal

  • Portugal tem em torno de 300 ferramentarias e 90% da sua produção é para o mercado de exportação;
  • Cerca de 90% da ferramentarias tem em média 20 funcionários;
  • A Cefamol é a associação que representa as empresas fabricantes de moldes em Portugal;
  • As ferramentarias estão concentradas na região norte do país: Marinha Grande e Oliveira de Azeméis
  • Atua em diversos segmentos e apresenta boa qualidade no desenvolvimento de seus produtos;
  • O prazo de entrega é considerado bom;
  • São realizados altos investimentos em tecnologia;
  • Possui centros específicos de formação de profissionais na área de ferramentarias:
    • Centimfe: Centro Tecnológico das Indústrias de Moldes, Ferramentas especiais e Plásticos
    • Cenfim
  • Posicionamento estratégico tendo acesso ao mercado da comunidade europeia;
  • Seus maiores concorrentes são: ásia e o leste europeu

Perfil das ferramentarias dos Estados Unidos da América

roders-ferramentaria-moldes-FIT-tecnologia

  • Os EUA tem aproximadamente cerca de 7.000 ferramentarias;
  • Cerca de 90% das ferramentaras tem menos de 50 funcionários;
  • A associação de fabricantes de moldes é a NTMA (National Tooling and Machines Association);
  • Existe uma concentração de ferramentarias nos seguintes Estados: Michigan, Illinois, Ohio, Califórnia, Pensilvânia, Indiana e Wisconsin;
  • Apresenta uma alta qualidade aliado ao design, tecnologias inovadoras e capacidade de fabricar diversos tipos de produtos;
  • Os salários e o custo dos treinamentos são considerados altos;
  • O governo federal e estadual tem programas que incentiva a competitividade do setor;
  • A maior concorrência é com os países asiáticos, a China ocupou a colocação dos americanos de maior fabricante de moldes à nível mundial.

Porque não compensa comprar moldes no Brasil

Um molde adquirido no mercado exterior, pode chegar em média 30% mais barato do que os ofertados pelas ferramentarias nacional e o tempo de entrega de moldes e matrizes é bem inferior das ferramentarias brasileiras. Esta grande diferença de valor é referente ao que chamamos de custo Brasil. Pensando em redução de custos, não necessariamente um produto importado pode ser mais barato, outros custos envolvidos na sua aquisição pode gerar custos adicionais. Para essa aquisição é importante levar em consideração as seguintes observações:

  • Os moldes importados requerem um número maior de manutenções, podendo ser por diversos motivos e acarreta um custo adicional na aquisição do molde importado;
  • A dificuldade com o idioma estrangeiro e as grandes distâncias entre os países pode acarretar em outros custos com viagens e alterações nos projetos;
  • Dificuldades da realização de tryouts pode gerar alterações no projeto e aumento dos custos, quando os moldes são importados;
  • Com a aquisição de moldes nacionais as empresas estão incentivando o crescimento do setor de ferramentarias;
  • Com a aquisição de moldes nacionais não terá preocupações com a burocracia de importação de produtos;
  • Avaliar os incentivos que alguns Estados oferecem na aquisição de moldes nacional;
  • As ferramentarias nacional tem como exigência ter um profissional responsável técnico habilitado no CREA, e que consequentemente gera uma maior confiabilidade para o cliente, mas os valores desses custos são repassados para os projetos; Enquanto que as ferramentarias estrangeiras não tem esta obrigação técnica.

 

Apesar das dificuldades encontradas pelo país para ter uma maior estabilidade econômica, que gera rendas e empregos, as grandes empresas continuam investindo e operando no Brasil.

Com essas perspectivas, o segmento de ferramentarias tem um grande desafio para atender todas essas demandas, e necessita otimizar o tempo de entrega de moldes e matrizes a seus clientes, para isso será necessário investimentos em equipamentos e capacitação técnica além do desenvolvimento de políticas de incentivos para o setor.

Fabricando Modelos para Fundição com rapidez a Modelação Paulista conquista Novos Clientes

Fabricação de Modelos para Fundição, é a especialidade da Modelação Paulista mantém seu grande diferencial cuidando dos seus clientes e colaboradores, com sua preocupação na excelência dos seus processos, usufruem da tecnologia do CAD/CAM Cimatron que torna tudo isso ainda mais possível. Estando em localizada no Distrito Industrial de Indaiatuba, Indaiatuba – SP, de onde consegue atender seus clientes rapidamente, devido a logística privilegiada.

Cimatron Modelacao Paulista FIT 1 Modelação Paulista

retrabalhos 1

Fundada e localizada na cidade de Indaiatuba no estado de São Paulo desde 1976, contando com 1.300 m² de área construída disponibilizada especialmente para a fabricação dos seus produtos, a Modelação Paulista atua na fabricação de modelos e equipamentos para fundição em geral, tendo como seus principais clientes a Schadek, ROMI, ZF do Brasil e a SEW Eurodrive.

Atuando na fabricação e desenvolvimento de ferramentais para fundição em geral. Atualmente, possuem uma planta de 1300m² equipados com modernos maquinários para a fabricação dos produtos com excelência. São utilizados softwares de CAD/CAM abastecendo de projetos, informações e programas para a planta industrial equipada com 7 máquinas Fresadoras CNC, 1 Centro de Usinagem dentre outros, e uma equipe de 10 profissionais qualificados trabalhando exclusivamente na área produtiva.

Todos os processos são definidos e documentados pelo sistema de qualidade ISO 9001, o qual está implantado e com certificados nacional e internacionalmente. Dentre os produtos desenvolvidos estão: Modelos soltos e emplacados, Caixas de macho, Coquilhas, Placas para Shell Molding, Dispositivos e Equipamentos para fundição em geral, para processos manuais e automáticos, nos materiais isopor, madeira, cibatool, alumínio, ferro fundido e aço.

Os Desafios

Iniciando suas atividades com modelos em madeira nos processos artesanais, logo que a empresa começou a crescer os antigos sócios Rubens, Pedro e Célio Salute encontraram dificuldades em aumentar a produção e otimizar os prazos. Ampliando a sua capacidade produtiva com suas primeiras máquinas CNC, “No começo houve uma mudança radical em nossos processos produtivos que influenciou diretamente a qualidade e a complexidade dos nossos produtos”, informa Vitor Salute responsável de projetos e usinagem da MP. Com os equipamentos CNC de última geração e de diversos tamanhos, identificaram a necessidade de utilizarem um software CAD/CAM para controlar seus processos e alavancar o seu negócio.

Com a descoberta do CAD/CAM Cimatron no ano de 2000, notaram que tê-lo em sua empresa seria um grande avanço tecnológico, assim adquirindo sua primeira licença e utilizando-a em seus processos e máquinas CNC, trazendo maior garantia de precisão com a dimensão dos produtos, sua qualidade, durabilidade e assim também atraindo a atenção de novos clientes.

Com 2 estações de Modelagem de Superfícies 3D e usinagem, 10 fresadoras CNC e 1 Centro de Usinagem CNC sendo programados e dirigidos pela solução CAD/CAM Cimatron, não tem como obter resultados melhores.

Seus projetistas e programadores, já não mostram mais ter preocupação com retrabalhos.

O Cimatron otimizou a velocidade de criação dos nossos projetos e permitiu-nos visualizar a peça sendo usinada por simulação quase que instantaneamente, reduzindo a chance de algo dar errado”.

Cimatron Modelacao Paulista FIT 3

Cimatron Modelacao Paulista FIT 2Cimatron Modelacao Paulista FIT 4

Projetos Mais Rápidos Do Que Antes

Hoje a MP elabora projetos muito mais rapidamente do que antes, concluindo cerca de 6 projetos complexos por mês, que antes do CAD/CAM Cimatron não seria possível.

Os clientes da MP já notaram e elogiaram a qualidade de suas peças e seus novos prazos de entrega, só a Schandek chegou a solicitar mais de 41 projetos diferenciados em um curto período de tempo.

Molde Concha Semfalhas Cimatron Caixa Macho Modelação Cimatron

“Antes nossos maiores projetos levavam mais de 5 meses para ficarem prontos, os menores em torno de 3 meses, após a implantação do Software CAD/CAM Cimatron, o tempo foi reduzido em 40%”, comenta Vitor Salute responsável pelos projetos e usinagem da MP

Agora com o aumento na agilidade e precisão de seus projetos, a qualidade das peças e a satisfação dos clientes também aumentaram, nos três primeiros meses de 2018 as solicitações de orçamentos aumentaram em 30% comparados ao ano de 2017, e aumento de 20% com adesão à de novos projetos.

Cimatron Otimiza Produção“Nosso primor além de garantir qualidade aos nossos clientes, é a segurança dos nossos colaboradores, eles se sentem muito mais seguros ao trabalhar com as máquinas CNC, e seus índices de retrabalho diminuíram em 90% tendo o Cimatron as operando”.

“Antes trabalhar com duas máquinas ao mesmo tempo era complicado, o risco de colisão e de acidentes no trabalho eram altos.

Por isso gosto bastante de usar o CAD/CAM Cimatron, é fácil de usar e também pode se fazer de tudo com ele”, comenta Vitor Salute.

Rua Prof. Altamir Gonçalves, 87
Jardim Gonçalves – Sorocaba/SP
CEP 18016-480
Horário: de segunda à sexta, das 8h às 12 e das 13h às 17h, exceto feriados.
© 2021 Fit Tecnologia. Todos os direitos reservados.
crosschevron-down