Neste artigo apresentaremos a profissão de Programador CAD/CAM de máquinas CNC. Este é, sem dúvida, um profissional que tem papel crucial nas produções industriais, tratando com comando numéricos computacionais (CNC). Essa classe de trabalhadores também é classificada como programador de máquinas ferramenta com comando numérico NC, segundo o MTE pelo CBO 3171-15.

As responsabilidades destes profissionais incluem analisar desenhos através de softwares CAD/CAM, programar a ordem de produção e usinagem, determinar as interfaces gráficas de trabalho, definir ferramentas para fabricação dos produtos desejados, montar os bancos de dados e seus funcionamentos, juntamente com a codificação dos programas. Além disso, projetam, implementam e exercem manutenções dos sistemas. Pormenorizam os recursos de trabalho e escolhem quais são os melhores métodos etapa do processo produtivo. Todo este trabalho é feito após análise dos desenhos técnicos que são realizados através de softwares CAD e CAM.

O QUE FAZ UM PROGRAMADOR CAD/CAM DE MÁQUINAS CNC?

Para entender o que faz um PROGRAMADOR CAD/CAM é necessário, primeiramente, que seja conceituado o que significam as siglas CAD e CAE. Após, ficará mais simples de avaliar quais são as atribuições desses profissionais.

A sigla CAD (Computer Aided Design) por conceito é Desenho Assistido por Computador (DAC), em português, um nome generalizado dado ao software utilizado pela engenharia, geologia, geografia, arquitetura e design para auxílio à projetos, facilitando os desenhos técnicos.

Quando se cita o design, este representa todos os seus aspectos, como produtos de decoração, objetos de plásticos de injeção, eletrônicos gerais, toda parte automotiva (beleza), de forma que todas essas especificações são aprimoradas para cada profissão através dos softwares, quando tratamos engenharia mecânica ou civil, existem programas CAD exclusivos para estas aplicações.

programador cad cam o que faz quanto ganha salario como estudar contratar curriculo vagas usinagem FIT

Para criação de peças mecânicas ou para construção de estruturas metálicas e similares, de forma complementar, existem programas que são específicos para as simulações de fabricação, que para realizar os desenhos, usam as ferramentas que existem na fábrica. Ou seja, aproxima mais ainda os projetos da realidade de produção em cada fábrica especificamente, estes programas são chamados de CAM, que veremos a frente.

Pelo avançado tecnológico, hoje temos softwares mais avançados de CAD que empregam a modelagem paramétrica, proporcionando alteração nos parâmetros de medidas do desenho, bastando, para isso, entrar com os números de dimensões desejadas.

Fabricação Auxiliada por Computador CAM

Os softwares CAM (Computer Aided Manufacturing) são a manufatura assistida por computador, que consiste no emprego de um software para coordenar ferramentas de máquinas e equipamentos pertinentes ao processo de fabricação. O programador CAD/CAM, quando trabalha com um sistema CAM, utiliza não apenas como software de engenharia, mas também como um sistema direcionado para as máquinas de fabricação. CAM se refere também a utilização de computadores para controlar os procedimentos na planta fabril, que engloba o planejamento, a gestão, transporte e armazenamento. Visto que seu objetivo é aumentar a rapidez no processo produtivo, com as ferramentas e dimensões mais precisas, levando a consistência do produto final.

Então definimos CAM como um processo que é subsequente ao CAD, visto que primeiro se cria a peça ou componente a ser produzido e depois é passado para planejamento de linha. Importante observar que todas essas etapas produtivas devem ser pensadas durante a concepção do projeto da peça, componente, equipamento, molde, estampo, corte entre outros. Algumas vezes a etapa de utilização do software CAM é após o CAD, como visto anteriormente, e também após o CAE – em tradução livre: engenharia assistida por computador. Levando ao processo de desenho e concepção do projeto (CAD), analise de estrutura e elementos finitos (CAE) e entrada na máquina CNC (CAM).

Tipos de Máquinas CNC

O programador CAD/CAM tem que programar o desenho a ser fabricado em uma máquina CNC, que são máquinas controladas por computador com comando numérico. As máquinas CNC incluem:

  • Fresadoras
  • Tornos
  • Gravadores
  • Centros de Usinagem
  • Centros-Torneamento
  • Multi-Tarefas MTM
  • Corte a fio ou Jato D'Água
  • Eletroerosão ou manufatura por descarga elétrica

O profissional então avalia o desenho e qual o melhor método para fabricar tal peça, o CAM fornece as informações passo a passo do que a máquina deve seguir para concluir a fabricação do produto, este programa torna o processo mais simples através do uso de um software inteligente que auxilia no desenvolvimento do código baseado na plataforma. Após analisar o que são os programas CAD e CAM podemos definir quais são as atribuições de um Programador de CAD-CAM de máquinas CNC.

O programador de máquinas-ferramentas com controle numérico se faz presente na indústria (programador de CAD/CAM), tendo como incumbência a integração de outros setores da empresa (engenharia e produção), continuidade na utilização de softwares CAD/CAM para aumento de qualidade produtiva, gerenciamento e distribuição dos programas de fabricação, correção de dados, aquisição e processamento de dados da produção e de máquinas e funções parciais de controle da produção e do fluxo de materiais.

O responsável pelos programas de CAD/CAM exerce atividades como utilizar de softwares CAD/CAM para compreensão das peças ou componentes a serem fabricados, coletar dados necessários para gerar o programa da produção, definir ordem de realização das atividades da máquina por comandos de ferramentas, conhecer sobre a linha de produção e sobre os parâmetros da matéria prima que é utilizada, pesquisar sobre novas tecnologias, planejar as atividades de rotina da fábrica com auxílio CAM e buscar melhoria contínua dos processos produtivos.

COMO SE TORNAR UM PROGRAMADOR CAD/CAM?

Assim como em várias áreas da indústria que requerem maior conhecimento, para ser um programador CAD e CAM é necessário experiencia na área, em outros níveis menores de conhecimento, geralmente como de operador de maquinas CNC, entre outros. Porém para exercer efetivamente essa função, além da experiência é pedido certos níveis de escolaridade, que são: técnico de nível médio em mecânica industrial, automotiva, desenho de máquinas e afins. superior em áreas como engenharia, desenho industrial (tecnólogo) e áreas que incluam a programação e desenho técnico em sua matriz curricular.

A fim de facilitar qual caminho deve ser trilhado para se tornar um Programador CAD/CAM separamos 7 passos para se tornar um bom profissional do setor. São eles:

1. Ter experiência na área tornearia

O início mais comum na área de Programador CAD e CAM é como operador de máquinas torno, realizando diversos serviços que vão desde ajuste de peças até a criação de peças em seu começo. Trabalhando com diversos tipos de matérias como aços de baixo e alto carbono, bronze, náilon, alumínio, ferro fundido, fibras, entre outras. Sendo que para iniciar a trabalhar neste setor é necessário ao mínimo um curso de mecânica básica, noções de tornearia e ferramentas de corte.

2. Inicie um curso Técnico ou Superior na área

Este curso irá fornecer a base de ferramentas de corte, tipos de torneamento e fresagem, geometria espacial, programação de máquinas CNC, desenho técnicos em software CAD/CAM, gestão de projetos, simbologia e ciência dos materiais. Importante verificar se na ementa do curso que irá iniciar tem essas matérias e a qualidade que elas são passadas.

3. Aprenda sobre vários softwares CAD e programas de desenho

Atualmente o avanço tecnológico está cada vez mais rápido, e os profissionais que não estiverem em constante atualização vão perder vantagem competitiva. Aprenda sobre desenhos bi e tridimensional, sabendo diferenciar seus usos, sempre que possível.

4. Converse com quem tem experiência na área.

Pedir dicas de empresas, softwares, sistemas de modelagens e afins. Saber como está o mercado também é tarefa do futuro Programador CAD/CAM.

5. Se especialize e se atualize constantemente

Para se especializar neste setor é necessário experiência e grande conhecimento de ferramental, desenho técnico, softwares novos e tendências de mercado, portanto o estudo constante de novas ferramentas, conhecer o processo e afins. Então para se manter atualizado sempre procure sobre novidades nos Softwares que já domina, pois todos os anos existem grandes atualizações que trazem ótimas ferramentas novas e muito conteúdo com melhoras significativas. Participe de cursos para aprender sobre novos programas CAD/CAM, mantenha procura constante por workshops e eventos na sua área de atuação. Essa dica é uma das mais valiosas para alavancar sua carreira.

QUANTO GANHA UM PROGRAMADOR CAD/CAM DE MÁQUINAS CNC?

programador cad cam o que faz quanto ganha salario como estudar contratar curriculo vagas hora técnica FIT
Um Programador de Máquinas – Ferramenta com Comando Numérico (Programador CAD/CAM) tem salário médio de R$ 3 054,72 no brasil, para este mesmo profissional a carga horaria média semanal são de 44 horas, de acordo com a CAGED do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). Disponível em Salario.com.br.

O piso salarial para este profissional é de R$ 2.168,85 (média dos pisos salariais do brasil em 2019), e o maior salário registrado em 2019 é de R$ 4.616,39, levando em conta os profissionais de carteira assinada sobre o regime CLT, a nível nacional.

Vale ressaltar também que o salário varia conforme a classificação do profissional entre júnior, pleno e sênior. Os dois maiores critérios para se avançar nessas classificações é a experiência na área e o nível de escolaridade. Cada empresa separa os profissionais conforme seus próprios critérios, porem existe uma média de experiência e escolaridade entre todas.

1. Programador CAD/CAM Júnior

Possuir experiência de 2 a 4 anos, curso técnico e suas responsabilidades incluem funções de procedimentos simples que não exigem profundo conhecimento de um ramo de atuação.

2. Programador CAD/CAM Pleno

Possuir experiência de 4 a 6 anos, graduado e as suas responsabilidades incluem atividades especificas, que exigem profundo conhecimento dos procedimentos. Toma decisões que são avaliadas por um superior.

3. Programador CAD/CAM Sênior

Ter acima de 6 anos ou mais de experiência, ser pós-graduado e gestor. Neste nível suas atribuições são mais relevantes e de suma importância para o andamento da empresa, nelas estão inclusos a tomada de decisões, agir de forma autônoma embasado nos conhecimentos e experiências que adquiriu ao longo da carreira e de sua vida e gerenciar pessoas e projetos.

QUAIS EMPRESAS POSSO TRABALHAR COMO PROGRAMADOR CAD/CAM?

Saber os locais que pode buscar trabalho e as tendências de mercado leva o profissional a entender melhor os nichos que procura para se estabilizar, criando especialização nas áreas que tem interesse. São vários setores do comercio, indústria e agricultura que necessitam de Programador CAD/CAM de máquinas CNC.

Grandes empresas precisam constantemente de tais profissionais para continuar a desenvolver novos produtos, bem como, aperfeiçoar os que já possuem entre sua produção.

Tais como CPC Estruturas Metálicas, Quantum Engenharia, Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil (VSB), Stepan, Link Jet, Mega Stell, Vedapack Industria e comércio de embalagens, IKT Engenharia, Tecnodrill, Basso Componentes Automotivos, Alphagel, Ascemac, Injecom, Wittur, Marcopolo, Focus Ortopedia Veterinária, dentre muitas outras.


COMO CONTRATAR ESTE PROFISSIONAL

programador cad cam o que faz quanto ganha salario como estudar contratar curriculo vagas FIT

Para contratar um profissional desta área existem várias formas, porém citaremos as 3 principais e mais fáceis de se fazer.

1. Contratar uma empresa de Recursos Humanos

Um caminho muito comum para se contratar profissionais de diversas áreas, e para Programador CAD/CAM para Máquinas CNC não seria diferente, para este contato é interessante saber se a empresa contratada tem um bom banco de dados dos currículos desses profissionais.

2. Usar sites de empregos

Atualmente é um meio muito utilizado pela facilidade oferecida da forma de contrato destes sites, pois são valores baixos para utilizar os serviços dos mesmos, contendo assim um ótimo custo x benefício para médias e pequenas empresas, uma vez que geralmente não possuem um setor de RH, que consiga fazer a gestão dos funcionários e a coleta de currículos.

Tendo em vista que quando são usados sites é necessário observar que a maioria deles só faz a coleta dos dados e encaminha para a empresa fazer a seleção, e, quando se contrata uma empresa de RH, em sua grande maioria, ela faz uma pré-seleção e encaminha para a empresa contratante os candidatos com o perfil que mais se encaixa a vaga

3. Ir até instituições que oferecem cursos técnicos e profissionalizantes

Instituições de ensino que oferecem os cursos de Programador CAD/CAM, programação CNC e desenho industrial, geralmente tem alunos desempregados, com muita disposição para trabalhar, criatividade e que buscam uma oportunidade.

De extrema importância no cenário nacional de manufatura, o Programador CAD/CAM é um profissional essencial para o desenvolvimento de grandes projetos, que além de estar em busca de profissionais qualificados, está sempre conectada à tecnologias que facilitam e otimizam processos.

Por isso, não deixe de conhecer as ferramentas CAD CAM para compreender na prática o dia a dia deste profissional.

Você sabe o que faz um Desenhista Projetista de Ferramental.

Parece ser algo fora da nossa realidade pelo nome que soa diferente do que estamos acostumados, mas este profissional está presente de forma direta e indireta no cotidiano de todos.

Estes são os responsáveis por pensar, desenhar, analisar e revisar os ferramentais que são utilizadas para fabricar os produtos de nosso dia a dia, nas indústrias, no setor automobilístico, metais sanitários, utilidades domésticas, e podendo ir mais longe quando lembramos que:

ferramental são dispositivos que oferecem vantagem físicas e mentais para realização de uma tarefa”

Utilizado em produtos como nas portas e capo dos automóveis, superfícies das geladeira e fogões, no aço escovado do liquidificador e dobradiça de porta. Empregando qualquer elemento de fixação e acabamento que são processados em alta produção.

O profissional que atua como desenhista projetista de ferramental pode se especializar em diversas áreas do mercado pelo grande ramo que ele pode estar presente, vendo isso mais a frente.

O que faz um desenhista projetista de ferramental?

Para entender o que faz este profissional devemos, primeiro, compreender o que é um desenho técnico: O desenho técnico tem por função representar objetos, formas, máquinas, peças, casas, edifícios, carros e afins.

Porém, o desenho técnico obedece a critérios que representa melhor a realidade, seguindo padrões que torna cambiável com outros setores o desenho.

De tal forma que um desenhista técnico de uma indústria de embalagens na china consegue entender o desenho técnico de um desenhista de parafusos do Brasil.

O desenhista projetista, em geral, é o encarregado por gerar os desenhos técnicos de projetos de dispositivos, equipamentos mecânicos, de instalações e produtos.

Para realizar estas atividades o desenhista projetista de ferramental respalda-se em especificações técnicas previamente definidas, e seguindo preceitos ajustáveis ao projeto em que está trabalhando.

Já entendido o que são desenhos técnicos e quais são as responsabilidades de um desenhista projetista.

Agora vejamos quais são as atribuições de um desenhista projetista de ferramental.

desenhista-projetista-ferramental-o-que-faz-quanto-ganha-salario-como-estudar-contratar-curriculo-vagas-ferramentas-de-corte-inserto-pastilhas

O responsável pelos projetos do ferramental exerce as seguintes atividades: utilizar de recursos computacionais para realização dos desenhos, coletar os dados necessários do projeto, desenvolver as concepções, fixar etapas do processo de produção, conhecer e participar dos sistemas de gestão de qualidade, planejar as atividades diárias e cotidianas, pesquisar e desenvolver fornecedores dos produtos e serviços necessários, administrar aquisição de produtos e serviços (com a mediação do setor de compras e suprimentos, no caso de empresas de grande porte).

Como se tornar um desenhista projetista de ferramental

Algumas das formas de se tornar um desenhista projetista de ferramental é através de cursos de mecânica Industrial ou mecânica de usinagem, cursos técnicos e cursos superiores, toda via a maior parte das vagas para projetista pede por no mínimo curso técnico.

Contudo, o crescente desenvolvimento das empresas e do setor no mercado brasileiro, a procura por projetistas com curso superior está seguindo uma tendência de aumento, grande parte por Engenheiros Mecânicos e Engenheiro Eletricistas.

Para entender este caminho, que está cheio de obstáculos, foram separados 7 passos de como conseguir ser um bom desenhista projetista de ferramental. São eles:

  1. Ter experiência na área de ferramentaria

O início mais comum na área de Desenhista Projetista de Ferramental é iniciar como operador de máquinas de ferramentaria, desde afiação até a fabricação.

Porém obter acesso a este setor de trabalho é necessário ter um curso de mecânica industrial ou mecânica de usinagem, neste curso serão apresentados o desenho técnico, ajuste mecânico, ferramentaria, usinagem em torno, programação em CNC.

desenhista-projetista-ferramental-o-que-faz-quanto-ganha-salario-como-estudar-contratar-curriculo-vagas-morsa-manutencao-criacao-FIT

  1. Inicie um curso Técnico ou Superior na área.

Este curso irá fornecer a base de desenho técnico, entendimento geométrico e espacial, funções físicas, matemática, simbologia, programas de desenho CAD (Computer Aided Design, por definição é Desenho Assistido por Computador) e ciência dos materiais.

Importante verificar se na ementa do curso que irá iniciar tem essas matérias e a qualidade que elas são passadas.

  1. Aprenda sobre vários softwares CAD e programas de desenho

No século que estamos vivendo a tecnologia avança rapidamente sendo crucial estar sempre atualizado sobre as novas tecnologias.

Aprenda sobre desenhos bi e tridimensional, sabendo diferenciar seus usos, sempre que possível.

Inclusive os sistemas tridimensionais atuam mais fortemente nas industrias se tornando quase padrão para certas aplicações.

De maneira que os desenhos bidimensionais ainda são muito usuais, para, por exemplo, plantas baixas e sistemas de distribuição elétrica.

  1. Aprenda sobre linguagem e simbologia da área em que escolheu

Este tópico se relaciona quando é necessário indicar onde existem roscas e qual a especificação dela, apontar qual tipo de soldagem vai ser usada e os métodos, dimensionamentos geométricos e tolerâncias.

  1. Estude sobre design, mesmo que o básico

Sabendo os conceitos de designe seus projetos serão melhor acabados. Facilitando a comunicação entre alguns setores como: Design, Engenharia e produção.

  1. Converse com desenhistas projetistas de ferramental que já atuam no mercado

Buscar conhecimento com quem já atua no mercado é um jeito bom para aprender na prática e construir seu network

  1. Se especialize e se atualize constantemente

Para se especializar neste setor é necessário experiência e grande conhecimento de ferramental, portanto o estudo constante de novas ferramentais, conhecer o processo de concepção e montagem.

Bons ramos de especialização são em moldes de injeção de plástico ou estampos para conformação de dobras, corte ou repuxo.

Com essa constante atualização, o profissional que desejar ser um Desenhista Projetista de Ferramental terá mais êxito em se manter no mercado.

salario-projetista

Quanto ganha um desenhista projetista de ferramental?

A média salarial de um Desenhista Projetista de Ferramental é R$ 3.518,43 no mercado de trabalho brasileiro, com uma jornada de trabalho de 44h semanais.

Essa média foi levantada pelo CAGED de MTE, onde foram coletados dados de 3.998 trabalhadores da área.

Para o Desenhista Projetista de Ferramenta, CBO 3186-10, no ano 2019 fica com média do piso salarial de R$ 2.498,09 contando todos os estados brasileiros, e a mediana salarial fica entorno de R$ 3.000,00 e o teto máximo alcançado é de R$ 5.317,16.

Tal levantamento conta apenas com os profissionais que foram contratados com carteira assinada conforme o regime CLT de abrangência nacional.

O Levantamento sobre desenhista projetista do site salario.com.br, apresenta ainda, que o perfil do profissional projetista ferramental é de 24 anos, com ensino superior incompleto ou cursando, do sexo masculino e que tem uma carga horaria de 44h semanais em pequenas e média empresas do segmento de Serviços de Engenharia.

Ainda de acordo com o mesmo levantamento a cidade que conta com mais oportunidades de emprego para este trabalhador é São Paulo – SP.

O site dissidio.com.br apresenta a média salarial conforme os estados brasileiros, com base em coleta de dados de membros envolvidos com as convenções coletivas, e o acordo coletivo destes profissionais para o ano de 2019.

projetos-de-ferramental

Vale ressaltar também que o salário varia conforme a classificação do profissional entre: júnior, pleno e sênior.

Os dois maiores critérios para se avançar nessas classificações é a experiência na área e o nível de escolaridade.

Cada empresa separa os profissionais conforme seus próprios critérios, porém existe uma média de experiência e escolaridade entre todas.

  1. Desenhista Projetista de Ferramental Júnior

Possuir experiência de 2 a 5 anos, recém graduado e suas responsabilidades incluem funções de procedimentos simples que não exigem profundo conhecimento de um ramo de atuação.

  1. Desenhista Projetista de Ferramental Pleno

Possuir experiência de 6 a 9 anos, pós-graduado e as suas responsabilidades incluem atividades especificas, que exigem profundo conhecimento dos procedimentos, e toma decisões que são avaliadas por um superior.

  1. Desenhista Projetista de Ferramental Sênior

Ter 10 anos ou mais de experiência, ser pós-graduado e gestor, neste nível suas atribuições são mais relevantes e de suma importância para o andamento da empresa, nelas está incluso: tomada de decisão, age de forma autônoma embasado nos conhecimentos e experiências que adquiriu ao longo da carreira e de sua vida, gerenciar pessoas e projetos.

desenhista-projetista-ferramental-o-que-faz-quanto-ganha-salario-como-estudar-contratar-curriculo-vagas-sala-treinamento-formacao

TOP 10 SETORES DE EMPRESAS QUE MAIS CONTRATAM

Ser projetista também inclui saber onde se procurar trabalho e quais são os ramos da empresa que procuram estes trabalhadores.

O site dissidio.com.br² classificou quais são os 10 setores de empresas que mais contratam Desenhista Projetista de Ferramental, esses setores também são de grande valia para Desenhista Projetistas Mecânicos.

  1. Serviços de Engenharia
  2. Fabricação de Máquinas e Equipamentos para uso Industrial Específico não Especificados Anteriormente, Peças e Acessórios
  3. Serviços de Desenho Técnico Relacionados à Arquitetura e Engenharia
  4. Fabricação de Ferramental
  5. Fabricante de Máquinas e Equipamentos para a Agricultura e Pecuária, Peças e Acessórios, Exceto para Irrigação
  6. Fabricação de Outras Máquinas e Equipamentos de Uso Geral não Especificados Anteriormente, Peças e Acessórios
  7. Fabricante de Outros Produtos de Metal não Especificados Anteriormente
  8. Fabricante de Outras Peças e Acessórios para Veículos Automotores não Especificadas Anteriormente
  9. Fabricação de Máquinas e Equipamentos para as Indústrias de Alimentos, Bebidas e Fumo, Peças e Acessórios
  10. Comércio Atacadista de Máquinas e Equipamentos para Uso Industrial

 

Quais empresas posso trabalhar como desenhista projetista de ferramental?

Saber os locais que pode buscar trabalho e as tendências de mercado leva o profissional a entender melhor os nichos que procura para se estabilizar, criando especialização nas áreas que tem interesse.

São vários setores do comercio, indústria e agricultura que necessitam de Desenhistas Projetistas de Ferramental.

Grandes empresas precisam constantemente de tais profissionais para continuar a desenvolver novos produtos, bem como, aperfeiçoar os que já possuem entre sua produção.

Tais como Tigre, Mondial, Britânia, Ford, Scania, Yamaha, Visteon, APG Ferramentaria, Winner Mold, Renault, Toyota, Suzano, Grupo Boticário, dentre muitas outras.

Também empresas que fornecem insumos para outras grandes como a Coca-Cola, realizar os projetos de latas de alumínio e garrafas pet, por exemplo, também exige profissionais desenhistas projetistas de ferramental.

desenhista-projetista-ferramental-o-que-faz-quanto-ganha-salario-como-estudar-contratar-curriculo-vagas-recursos-humanos-destaque-FIT

COMO CONTRATAR ESTE PROFISSIONAL

Para contratar um profissional desta área existem várias formas, mas iremos citar as 3 principais e mais fáceis de se fazer

  1. Contratar uma empresa de Recursos Humanos

Um caminho muito comum para se contratar profissionais de várias áreas, e para desenhistas projetistas de ferramental não seria diferente.

Para este contato é interessante saber se a empresa contratada tem um bom banco de dados dos currículos de profissionais desta área.

  1. Usar sites de empregos

Atualmente é um meio muito usado pela facilidade oferecida da forma de contrato destes sites, pois são valores baixos para utilizar os serviços dos mesmos, contendo assim um ótimo custo x benefício para médias e pequenas empresas, que geralmente não possuem um setor de RH que consiga fazer a gestão dos funcionários e a coleta de currículos.

Tendo em vista que quando são usados sites é necessário observar que a maioria deles só faz a coleta dos currículos e encaminha para a empresa fazer a seleção, e, quando se contrata uma empresa de RH, em sua grande maioria, ela faz uma pré-seleção e encaminha para a empresa contratante os candidatos com o perfil que mais se encaixa a vaga

  1. Ir até instituições que oferecem cursos técnicos e profissionalizantes

Instituições de ensino que oferecem os cursos de desenhista projetista geralmente tem alunos desempregados, com muita disposição para trabalhar, criatividade, porém precisam de uma oportunidade.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite e siga-nos no LinkedIn e no Facebook para ficar por dentro das novidades!

Rua Prof. Altamir Gonçalves, 87
Jardim Gonçalves – Sorocaba/SP
CEP 18016-480
Horário: de segunda à sexta, das 8h às 12 e das 13h às 17h, exceto feriados.
© 2021 Fit Tecnologia. Todos os direitos reservados.
crosschevron-down