A Sandvik assinou um acordo com a Battery Ventures para adquirir a Cambrio, com sede nos Estados Unidos, uma empresa líder com um portfólio de ponta a ponta em software CAD / CAM para indústrias de manufatura como automotiva, transporte, energia, médica e aeroespacial. Cambrio será reportado na divisão Design & Planning Automation da Sandvik Manufacturing and Machining Solutions.

“ Isso está de acordo com nosso foco estratégico de crescer organicamente e por meio de aquisições no espaço de manufatura avançada, com foco especial em software industrial próximo à fabricação de componentes, metrologia industrial e soluções de manufatura aditiva . O Cambrio possibilitará uma oferta mais ampla ao cliente, cobrindo mais da cadeia de valor total da manufatura ”, afirma Stefan Widing, presidente e CEO da Sandvik.

 

A ambição estratégica da Sandvik é fornecer aos clientes soluções de software que possibilitem a automação de toda a cadeia de valor da fabricação de componentes - desde o projeto e planejamento até a preparação, produção e verificação. O Computer Aided Manufacturing (CAM) desempenha um papel vital no processo de manufatura digital, criando uma oferta de soluções automatizadas do projeto à usinagem.

 

Ao adquirir a Cambrio, a Sandvik estabelecerá uma posição importante no mercado de CAM, que inclui tanto a fabricação de ferramentas quanto a usinagem de uso geral. Isso complementará a oferta existente do cliente na Sandvik Manufacturing Solutions.

 

O portfólio de produtos da Cambrio inclui GibbsCAM para operações de fresamento de produção, torneamento e torneamento, Cimatron para moldes e matrizes, bem como SigmaNEST para fabricação de chapas metálicas.

 

“Com a adição da oferta de produtos da Cambrio, poderemos ajudar nossos clientes a aumentar ainda mais a produtividade na cadeia de valor mais ampla. Compartilhamos o mesmo desejo de automatizar fluxos de trabalho e tornar nossos clientes mais eficientes e sustentáveis. Estou ansioso para dar as boas-vindas à equipe Cambrio na Sandvik ”, disse Mathias Johansson, presidente da divisão de Design & Planning Automation da Sandvik Manufacturing Solutions.

A Cambrio está sediada em Ohio, EUA, e possui 375 funcionários. Em 2020, a empresa teve receitas de cerca de SEK 628 milhões (68 milhões de dólares) com uma margem de EBIT ligeiramente diluída para a Sandvik Manufacturing and Machining Solutions. O impacto no lucro por ação da Sandvik será inicialmente neutro. As partes concordaram em não divulgar o preço de compra.

 

A transação deve ser concluída no segundo semestre de 2021 e está sujeita às aprovações regulatórias habituais.

 

Sobre a Sandvik

A Sandvik é um grupo de engenharia global e de alta tecnologia que oferece produtos e serviços que aumentam a produtividade, lucratividade e sustentabilidade do cliente - avançando o mundo por meio da engenharia. O Grupo foi fundado na Suécia em 1862 - e hoje ocupa posições de liderança mundial em áreas selecionadas - por exemplo, ferramentas e sistemas de ferramentas para corte de metal; equipamentos, serviços e soluções técnicas para a indústria de mineração e escavação de rochas na indústria da construção. Em 2020, o Grupo tinha aproximadamente 37.000 funcionários e receitas de cerca de 86 bilhões de SEK em mais de 160 países em operações contínuas. A ambição estratégica da Sandvik é fornecer aos clientes soluções de software que automatizem toda a cadeia de valor da manufatura e recentemente entrou no espaço de manufatura avançado, incluindo CAD / CAM.

Mais informações: https://www.home.sandvik/en/news-and-media/newslist/news/2021/07/sandvik-to-acquire-leading-cam-software-company-cambrio/

 

Benefícios da aquisição

Ao adquirir a CAMBRIO, a Sandvik deseja continuar a evoluir e fortalecer sua posição no mercado de CAM, que inclui fabricação de ferramentas, usinagem de uso geral e fabricação de chapas metálicas, agregando nosso know-how em usinagem e ferramentas. O portfólio CAMBRIO também complementará as ofertas digitais existentes nas Soluções de Fabricação e Usinagem da Sandvik.

 

Negócios e as parcerias com nossos clientes continuam, como sempre!

A equipe CAMBRIO está animada com este anúncio e em encontrar um lar permanente com a Sandvik. Existe um alinhamento cultural e estratégico excepcional que nos permitirá acelerar a expansão de nossas soluções automatizadas em todo o processo de manufatura digital e agregar valor para você. Nossa equipe está comprometida com uma transição suave e contínua e espera que você não notará nenhuma diferença nas operações do dia-a-dia além dos recursos de produto mais aprimorados em breve. Continuaremos independentes, sob as marcas CAMBRIO, Cimatron, SigmaNEST e GibbsCAM, e sob a atual equipe de liderança que você conhece hoje.

 

Foco Futuro

Nosso foco continua sendo fornecer produtos inovadores e de alta qualidade e os melhores serviços para nossos clientes em todo o mundo. Todo o pessoal e pontos de contato permanecerão os mesmos e a equipe espera continuar a dar suporte às suas necessidades e fornecer a você a melhor experiência de consumo possível.

 

Sobre a FIT Tecnologia CAD | CAM | CAE | PDM |DNC

Revenda especializada em softwares, tecnologias, treinamentos e serviços para otimização de processos digitais em engenharia de projetos CAD 3D, programação e usinagem CNC, comunicação entre máquinas via DNC, gestão de documentação digital PDM, simulações virtuais e análises CAE, que aprimoram a produtividade, lucratividade e sustentabilidade de nossos clientes. Temos grande destaque nas áreas de engenharia de projetos de ferramental com fabricação CNC de ferramentarias de injeção plástica e estamparia de metal, bem como em programação de máquinas especiais e multi-eixos. Principais produtos e soluções são CIMATRON, GIBBSCAM, MOLDEX 3D, FIKUS e CIMCO Edit. Mais informações em: fit-tecnologia.com.br

Desde os primórdios o homem já tinha a necessidade de moldar e transformar materiais brutos em objetos úteis para seu dia-a-dia, para isso utilizava os recursos da época que eram obviamente muito mais limitados do que dispomos em nossa realidade. A gama de produtos que utilizamos atualmente é imensa, sendo assim moldar materiais é imprescindível para que possamos manter nosso conforto e qualidade de vida. As técnicas para transformar materiais brutos em objetos variaram ao longo dos anos conforme a matéria-prima utilizada e com a evolução da tecnologia. Na indústria metalmecânica especialmente, a usinagem se tornou a grande auxiliadora para criar peças com diversos perfis e com funcionalidades incríveis.

Em termos gerais a usinagem é um processo de fabricação por remoção de material que tem o objetivo de transformar uma peça bruta em um produto com forma e dimensões especificados. Existem muitos processos de usinagem e cada qual tem sua função, por exemplo: O Torneamento é a utilização da máquina-ferramenta para fabricar objetos cilíndricos ou cônicos, a Retificação fica encarregada de dar acabamento às peças através da remoção de material por abrasivos, a Furação como o próprio nome sugere, permite que as peças sejam perfuradas em locais e de diâmetros determinados e assim temos uma lista de recursos que a usinagem nos proporciona.

 

As máquinas mais simples, mas ainda muito utilizadas, são as de usinagem convencional que através de ferramentas de corte ou abrasão moldam o material. Elas não estão obsoletas, mas gradativamente estão sendo substituídas por outras com tecnologia mais avançada, são as máquinas de usinagem computadorizadas que através de uma linguagem de programação tornam-se mais autônomas. A linguagem de programação comanda todos os movimentos da máquina como a velocidade, acionamento dos fluídos e seleção de ferramentas por exemplo, minimizando a interação humana. Essas máquinas são chamadas de CNC (Comando Numérico Computadorizado) e disponibilizam uma série de recursos capazes de criar verdadeiras artes.

Vantagens de utilizar a máquina CNC

Apesar de exigir um investimento mais alto, optar por uma máquina CNC ou por um Centro de Usinagem invés de equipamentos convencionais tem um elevado custo x benefício principalmente para produção em larga escala. A lista de itens vantajosos é vasta, mas os principais são:

  • Fabricação de geometrias complexas;
  • Precisão de medidas;
  • Melhor acabamento;
  • Versatilidade;
  • Agilidade;
  • Controle de qualidade acessível;
  • Constância nos lotes de fabricação;
  • Redução de erros humanos;

Qual a diferença entre fresamento e torneamento CNC e o Centro de Usinagem?

O centro de usinagem CNC é o equipamento capaz de reunir em uma só máquina diversas ferramentas e recursos para a produção de peças com perfis variados, ele é o famoso multitarefa. Desta forma você não precisaria ter um torno e uma fresadora mesmo que eles possuam o recurso do comando numérico. O centro de usinagem conta com uma estrutura mais robusta e uma variedade maior de ferramentas, dessa forma dificilmente fica limitado.

Para que isso seja possível, os centros de usinagem trabalham com o que chamamos de eixos, sim são os mesmos eixos coordenados que você está pensando. Os centros de usinagem mais comuns possuem três ou cinco eixos.

O que é usinagem CNC de 5 eixos?

Como o próprio nome diz, a máquina de usinagem CNC trabalha em cinco eixos diferentes simultaneamente, isso permite a usinagem de peças com perfis muito complexos. É claro que além da complexidade, há outras vantagens de optar por este recurso, algumas delas são:

  • Possibilidade de inclinação da mesa ou ferramenta;
  • Configuração única por ser um equipamento multitarefas;
  • Redução do tempo de entrega;
  • Aumento da eficiência;
  • Capacidade de evitar colisões;
  • Melhor acesso à geometria da peça;
  • Vida útil da ferramenta e tempo de ciclo aprimorados;
  • Posição ideal de corte;
  • Carga constante de cavacos;

Quais são os 5 eixos?

Para tornar mais didático, vamos contar uma história daquelas que gostamos sobre os grandes descobridores da ciência. O escolhido de hoje é René Descartes, considerado o pai da matemática moderna. Descartes estava deitado na cama quando notou uma mosca zumbindo em seu quarto, ele percebeu que podia descrever a posição da mosca no espaço tridimensional usando apenas três números, representados pelas variáveis ​​X, Y e Z. Com certeza você já associou as variáveis com o tradicional sistema de coordenadas cartesianas e é isso mesmo! Este sistema ainda está em uso mais de três séculos após a morte do matemático e é utilizado no centro de usinagem! Portanto X, Y e Z são três dos cinco eixos.

E os outros dois?

Imagine se pudéssemos aumentar o zoom na mosca de Descartes em meio ao voo, poderíamos não só descrever sua posição (X,Y,Z) mas também descrever sua orientação. A orientação pode ser descrita quando a mosca está girando da mesma maneira que um avião faz acrobacias. Seu giro é descrito pelo quarto eixo, que é o eixo de rotação em torno de X que vamos chamar de “A”. O mesmo acontece com a mosca quando ela faz a rotação em torno de Y, que vamos chamar de “B”. Sem dúvida, os leitores astutos vão questionar a existência de um sexto eixo (C) que gira em torno do eixo Z e sim ele também pode existir.

Os eixos A, B e C são ordenados alfabeticamente para corresponder aos eixos X, Y e Z. Embora existam máquinas CNC de 6 eixos, as configurações de 5 eixos são mais comuns. Para que você possa entender, olhando para um centro de usinagem cinco eixos sem precisar imaginar uma mosca, a mesa de trabalho do centro de usinagem é rotativa e ela pode ser plana, curva e furada, além disso as ferramentas também são capazes de inclinar tendo acesso a locais da peça que uma máquina três eixos não teria. Entendeu como funciona?

Configurações de 5 eixos

A configuração específica de uma máquina de 5 eixos determina quais dos dois eixos de rotação ela utiliza. Os eixos rotativos de algumas máquinas são expressos através do movimento da mesa, enquanto outras giram o eixo em si. Cada qual têm suas vantagens exclusivas, a primeira por exemplo oferece maiores volumes de trabalho, pois não é necessário compensar o espaço ocupado pelo eixo rotativo. Por outro lado, as máquinas com rotação giratória podem suportar peças mais pesadas, uma vez que a mesa é sempre horizontal, então a escolha deve ser condizente com a necessidade.

Quantos eixos você precisa?

Você pode ter visto referências a centros de usinagem que oferecem sete, nove ou até onze eixos. Embora muitos eixos adicionais possam parecer difíceis de visualizar, a explicação para geometrias tão impressionantes é simples. Existem máquinas com dois fusos e torres inferiores, então você terá vários eixos: a torre superior terá 4 eixos e a torre inferior terá mais 2, sendo possível totalizar bem mais de 5 eixos.

Como geralmente ocorre na fabricação, a resposta a essa pergunta depende de sua aplicação específica e da complexidade do perfil que você precisa. A geometria da peça informará se você precisa de uma configuração de 3, 4 ou 5 eixos.

Um exemplo é a lâmina de turbina que é uma superfície de forma livre e pode ser bastante complexa. A maneira mais eficiente de terminar a usinagem desse produto é usar 5 eixos, levando a ferramenta em espiral ao redor do aerofólio da lâmina. Você pode usar apenas 3 eixos lineares para usinar a superfície, mas terá processos adicionais que não a elegem como a maneira mais eficiente.

Outra consideração importante é o tamanho máximo da peça que você pode colocar na máquina para que as trocas de ferramentas sejam possíveis. Antes de processar, você precisa entender os recursos da máquina e o que ela pode ou não fazer.

 

 

Por que usar usinagem de 5 eixos?

Tentar decidir entre usinagem de 3 eixos e 5 eixos pode não ser tão simples assim visto que os custos de produção estão sempre no topo das preocupações. Mas basicamente as perguntas que você deve fazer são:

  • O processo necessita de uma usinagem contínua ou simultânea ou pode ser separado em etapas?
  • A complexidade do perfil da peça necessita de movimentação da ferramenta de corte?
  • O tempo de processo fica otimizado a cada reorientação e troca da ferramenta?
  • É possível que o equipamento que trabalha com três eixos obtenha os mesmos resultados que aquele que trabalha com cinco eixos?
  • Quais são os riscos de colisão?
  • Qual opção proporciona maior desgaste de ferramental?

Como obter o máximo da usinagem de 5 eixos

Não é incomum ver equipamentos com recursos de 5 eixos sendo subutilizados. Algumas empresas podem ter a máquina, mas não utilizam sua capacidade total, ou podem não ter o software necessário para criar um programa que explore todos os recursos dela. Não é incomum que as empresas adquiram um centro de usinagem 5 eixos para utilizar apenas 3 deles.

Portanto, antes de escolher ter esse equipamento tão robusto, é importante ter a capacitação técnica para colocá-lo para funcionar em condições ideais.

A importância dos controles e software de 5 eixos

Embora ter um mecânico com o conjunto de habilidades correto seja o principal contribuinte para maximizar a capacidade de uma máquina de 5 eixos, o controle e o software da máquina são igualmente importantes. O software da máquina deve ser capaz de processar os dados com rapidez suficiente para que o caminho da ferramenta seja um movimento agradável, suave e uniforme, está aí a importância de ter uma linguagem bem programada.

 

Evitando colisões em 5 eixos

Como em qualquer equipamento programado, um centro de usinagem 5 eixos pode sofrer colisão devido a velocidade e versatilidade de movimentos que o porta ferramentas é capaz de trabalhar. Felizmente, hoje existem várias ferramentas e softwares no mercado que podem ajudar a reduzir e até mesmo eliminar essas colisões desagradáveis. Os softwares são capazes de simular os movimentos e detectar se durante o processo há risco de colisão. Evitar essas colisões é fundamental porque caso ocorram, podem danificar o equipamento e até mesmo machucar alguém. É claro que além do software é importante que você simule manualmente com velocidade bem reduzida.

Sensor de ferramenta de 5 eixos

A alta produtividade é um benefício da usinagem em 5 eixos, mas também aumenta o risco de erros, como o uso de uma ferramenta quebrada ou a ferramenta incorreta. Uma maneira de minimizar esses erros é optar por um sistema de detecção de ferramentas. Existem várias opções inclusive em laser que são muito úteis.

Uma máquina Multitarefas CNC têm a capacidade de fresar, tornear, furar e apresentar peças com alta precisão e alta qualidade, além de reduzir significativamente o tempo de setup, executando a usinagem das peças em apenas um ciclo. Chamadas também de máquinas MTM, ou seja, do ingles, Multi Task Machine.

Neste artigo será apresentado algumas das principais dúvidas sobre multitarefas:

  • O que é máquina multitarefa CNC ?
  • Por que comprar um multitarefa?
  • Quais são os 17 benefícios do multi-tarefas CNC?
  • O que é uma máquina Centro-Torneamento ?
  • Qual a diferença entre as máquinas Centro-Torneamento e Multitarefa ?
  • Quais tipos de estruturas as máquina Multi-Tarefas possuem?
  • O que é torno CNC tipo “Gang tool” ?
  • O que é torno de cabeçote móvel ou torno tipo suíço ?
  • O que é Eixo C no Torno CNC ?
  • O que é ferramenta acionada para torno CNC ou centro-torneamento CNC ?
  • O que é Eixo linear Y em multitarefas CNC ou centros de torneamento CNC ?
  • O que é Eixo B nas máquinas Multitarefas CNC ?

 

Então, vamos lá!

Você sabe o que é uma máquina multitarefa ?

Multitarefa é quando você combina vários processos de usinagem, incluindo torneamento, fresamento, furação, rosqueamento e furação profunda, em uma máquina, em vez de ter os mesmos processos manipulados por várias máquinas.

É também a tecnologia de máquina que fornece usinagem completa de peças de configuração única ou processamento de toda a usinagem da matéria-prima à peça acabada.

Além dos incríveis ganhos de produtividade, a tecnologia Multi-Tasking optimizou as usinagens, especialmente as menores, para níveis em que podem facilmente usinar as peças mais complexas do mundo e fazê-lo de maneira econômica.

As configurações das máquinas multitarefas CNC podem conter dois eixos de rotação, várias torres de porta ferramentas com estações de ferramentas rotativas, capacidade de usinar fora do centro do eixo Y (excentricidade), eixos de fresamento com eixo B de inclinação / rotação, mesas rotativas / de inclinação e magazines de ferramentas de corte de grande capacidade.

 

Configuração de multitarefas CNC ou Centro-Torneamento CNC

Por que comprar uma MTM ?

As multitarefas CNC têm a capacidade de fresar, tornear, furar e apresentar peças com alta precisão e alta qualidade, além de reduzir significativamente o tempo de setup, executando a usinagem de quase todas as peças em um ciclo.

A combinação de operações também reduz as imprecisões que podem ocorrer ao mover peças em várias estações de trabalho, além de eliminar o inventário de trabalho em processo (estoque em processo) que, de outra forma, poderia permanecer entre as máquinas-ferramentas independentes.

A combinação de operações também reduz as imprecisões que podem ocorrer ao mover peças em várias estações de trabalho, além de eliminar o inventário de trabalho em processo (estoque em processo) que, de outra forma, poderia permanecer em cada máquina nos diferentes processos da fábrica.

Quais são os 17 benefícios em adquirir uma MTM ?

  1. Reduções significativas nos tempos de produção e nos custos de peças
  2. Maior precisão de usinagem e qualidade geral da peça
  3. Maior capacidade, flexibilidade, produtividade e lucratividade
  4. Fluxo de caixa aprimorado produzindo peças sob demanda just-in-time (JIT)
  5. Benefícios de custo, como custos reduzidos de peças através de menos acessórios, ferramentas e requisitos de mão-de-obra
  6. Maior tempo de corte, mas não custos de mão-de-obra
  7. Carga / descarga automática integrada ao ciclo de usinagem para operação autônoma
  8. Grandes empresas e OEMs alcançam ciclos de pagamento mais curtos, maior produtividade para operações em maior escala
  9. Oficinas de trabalho e contratados obtêm uma estrutura de preços mais lucrativa e vários outros benefícios
  10. Menos dispositivos de fixação, ferramentas, mão de obra e consumo de eletricidade
  11. Economizando espaço na fábrica, fazendo mais com menos
  12. Ganhos em operações autônomas com carregamento / descarregamento automático integrado dentro dos ciclos de usinagem
  13. Atingir estruturas de preços de fabricação mais lucrativas
  14. Maior competitividade geral dos negócios
  15. Projetos de peças otimizados para maior capacidade de fabricação
  16. Maior segurança devido ao menor manuseio de peças pesadas
  17. Pontos de fabricação reduzidos facilitam o monitoramento do uso de ativos

 

Você sabe o que é uma máquina Centro-Torneamento ?

Centro de torneamento possui capacidade multifuncional e multi-eixos. Isso significa que você pode ter um eixo C, eixo Y e ferramentas acionadas na torre ou na gangue para executar não apenas operações de torneamento, mas também de fresamento, furação e rosqueamento com machos.

Qual a diferença entre as máquinas Centro-Torneamento e Multitarefas CNC ?

Máquinas Centro-Torneamento são capazes de operações de peças rotativas (torneamento) e operações de ferramentas de corte rotativas, tais como fresamento e furação cruzada.

A máquina é tipicamente reconhecível como um torno horizontal ou vertical, com eixos para fresar e furar simplesmente disponíveis em algumas ou em todas as posições da ferramenta.

Uma peça que exige uma variedade de operações pode ser usinada em um único setup, principalmente se um sub-spindle (sub-fuso) permitir que a peça seja passada de um spindle para outro durante a usinagem.

As máquinas de tornear/fresar (Centro-Torneamento) introduzidas mais recentemente partem do projeto do torno para algo muito mais parecido com uma máquina híbrida - combinando placas de castanhas e spindles (fusos) de um torno com o poder de fresamento de um centro de usinagem CNC.

O que é torno CNC tipo “Gang tool” ?

É o tipo de máquina com base na tecnologia dos modernos tornos CNC que conta com um porta-ferramentas múltiplo montado sobre a mesa do carro cruzado (X e Z), sendo que as ferramentas de corte ficam posicionadas de forma paralela umas das outras.

Em geral, são utilizadas ferramentas fixas, existindo modelos para a utilização de ferramentas acionadas.torno cnc imagem mostrando o suporte de ferramentas de corte em formato de gangue

Pela sua concepção construtiva, estas mesas porta-ferramentas permitem, no máximo, de 8 a 10 estações porta-ferramenta. Por este motivo, tornos CNC com este conceito se aplicam na usinagem flexível de peças de pequena e média complexidade.

Uma grande vantagem que se destaca neste tipo de construção é o curto tempo “cavaco a cavaco” entre as ferramentas, principalmente quando se compara com os tornos CNC com torres indexáveis.

Por este motivo, os ciclos de trabalho são mais rápidos. Por não ter a possibilidade de se montar uma contra-ponta, estes tornos se aplicam na usinagem de peças de usinagem estável. Como o investimento é menor em relação aos tornos com torre indexável, eles proporcionam uma melhor relação “Custo x Benefício” na usinagem de peças mais simples.

Torno de cabeçote móvel ou do tipo suíço ?

Os modernos tornos CNC de cabeçote móvel são máquinas extremamente precisas e versáteis chegando a ter um elevado número de eixos controlados, além de ter a capacidade de trabalhar com ferramentas acionadas. Com isto, estes verdadeiros centros de torneamento, além de possibilitar a usinagem de peças compridas, permitem também a manufatura de peças curtas de elevada precisão e de geometrias complexas.

O Torno de cabeçote móvel ou torno tipo suíço proporciona uma real economia de tempo e com menos dispositivos de fixação, proporcionando melhores prazos de entrega de peças e outros benefícios.

Cabecote móvel torno suiço CNC

Os centro-torneamento de cabeçote móvel são aplicados, principalmente,

na usinagem de peças longas e de precisão, ou seja, quando a relação comprimento/diâmetro é muito grande, caracterizando uma usinagem instável. Eles, também, são utilizados na usinagem de peças curtas de elevada precisão e/ou de grande complexidade geométrica.

 

 

Por terem sido inventados na Suíça com o objetivo de produzir em série eixos para a indústria relojoeira, eles são internacionalmente conhecidos como tornos tipo suiço. Na Alemanha e na Suíça, eles são denominados “tornos automáticos para peças longas” (Langdrehautomat).

Torno suiço gang estrutura padrão CNCEstes tornos de cabeçote móvel são aplicados exclusivamente para usinagens de peças cilíndricas a partir de barras, que podem ir desde 1mm de diâmetro até 32mm de diâmetro.

Estas máquinas são aplicadas na produção de peças seriadas de precisão para as indústrias automotiva, aeroespacial, telecomunicações, aparelhos de medição de alta precisão, segmento médico como, componentes para equipamentos hospitalares, parafusos ortopédicos e implantes dentários, ou seja, a microusinagem em geral.

O princípio de funcionamento deste tipo de torno automático é o inverso dos tornos automáticos de cabeçote fixo, pois é a peça a ser usinada que se desloca, girando contra as ferramentas de corte. Os tornos automáticos horizontais de cabeçote móvel são aplicados, principalmente, na usinagem de peças delgadas e de precisão, ou seja, quando a relação comprimento/diâmetro é muito grande, caracterizando uma usinagem instável.

O princípio de funcionamento do cabeçote móvel se baseia no movimento da peça a ser usinada contra as ferramentas de corte como segue:

  • O cabeçote móvel sujeita a barra, que gira, através de uma pinça e inicia o movimento de avanço
  • Uma bucha de guia posicionada coaxialmente em relação à pinça do cabeçote móvel serve de apoio para a barra que se encontra girando
  • Um conjunto de carros porta-ferramentas com movimentos radiais e longitudinais está posicionado na frente da bucha de guia
  • Para se realizar os torneamentos externos, a ferramenta de corte fixada no carro porta-ferramenta, que está bem próximo da bucha de guia, posiciona-se no diâmetro a ser usinado. Em seguida, o cabeçote móvel inicia o movimento de avanço longitudinal, gerando o diâmetro desejado da peça, sem problemas de fletir a peça, garantindo uma elevada precisão e um excelente grau de acabamento superficial
  • Após a última operação a última operação, que é a de corte, a pinça do cabeçote móvel se abre e este retorna à posição inicial para começar um novo ciclo.

Os modernos tornos CNC de cabeçote móvel são máquinas extremamente precisas e versáteis chegando a ter um elevado número de eixos controlados, além de ter a capacidade de trabalhar com ferramentas acionadas. Com isto, estes verdadeiros centros de torneamento, além de possibilitar a usinagem de peças delgadas, permitem também a manufatura de peças curtas de elevada precisão e de geometrias complexas.

O que é Eixo C no Torno CNC ?

ferramenta-acionada-eixo-C

 

Eixo C é o dispositivo que permite controlar os movimentos circulares da árvore principal de um torno CNC. Através de funções encontradas no comando da máquina, é possível de se programar paradas da árvore principal, divisões angulares e movimentos de avanço de usinagem. Normalmente chamamos este tipo de uso do Eixo C como usinagem com ferramenta acionada.

Paradas da árvore principal são usadas para realizar as operações com ferramentas acionadas ou para realizar a alimentação da peça de trabalho com a placa de fixação numa posição determinada.

Divisões angulares são necessárias na utilização de ferramentas acionadas para realizar operações como:

  • Furação
  • Fresamento
  • Rosqueamento Transversal
  • Rosqueamento fora da linha de centro da peça
  • Fresamento axial

Quando se programa paradas posicionadas da árvore para realização de usinagens com ferramentas acionadas é necessário utilizar um sistema de freio. O comando numérico permite programar qualquer valor de grau angular, podendo oferecer resolução até segundos de graus.

Movimentos de avanço de usinagem. O eixo C permite a programação de avanços circulares da árvore principal para a realização de operações como:

  • Usinagem de geometrias helicoidais como, por exemplo, um canal de lubrificação de um mancal. Neste caso, ocorre a interpolação do eixo C com o eixo Z (longitudinal) do carro porta-ferramentas.
  • Fresamento poligonal, onde ocorre a interpolação do eixo C com o eixo X (transversal) do carro porta-ferramentas.

Tornos automáticos dotados de eixo C possibilitam usinar peças por completo, eliminando operações posteriores.

O que é ferramenta acionada para torno CNC ou centro-torneamento CNC ?

As ferramentas acionadas permitem operações de fresamento e furação com controle do eixo C necessário no ferramenta-acionada-suportefuso principal. Podem ser realizadas operações de 2 eixos, por exemplo rasgo de chaveta ou furos na linha central. Para fresar bolsões ou furar fora da linha de centro é necessário o eixo Y.

Para operações de furação, é melhor usar porta-ferramentas acionados com refrigeração interna e de alta pressão para propiciar melhor escoamento de cavacos e maior segurança do processo.

O que é Eixo Linear Y em multitarefas ou centros de torneamento CNC ?

Torres porta-ferramentas com Eixo linear Y são utilizados para fabricar peças extremamente complexas podem ser usinadas por completo, hoje em dia, em centros de torneamento ou tornos multitarefa. Os tornos CNC contam, normalmente, com um carro cruzado, onde está montada a torre porta-ferramentas e permite a realização dos movimentos radial X e longitudinal Z.

O eixo linear Y corresponde a um terceiro carro construído, integrado ao carro cruzado, que executa um movimento ortogonal aos eixos X e Z. Com isto, a máquina passa ter um maior grau de liberdade para executar operações como:

  • Fresamentos transversais
  • Furações
  • Rosqueamentos transversais, ambos abaixo ou acima da linha de centro da peça de trabalho, além de outras operações.

Peça usinada por completo:

multitarefas-cnc-eixo-y-fresamento-torneamento

O que é Eixo B nas máquinas Multitarefas CNC?

O eixo circular B, aplicado nessas máquinas, executa movimentos angulares contínuos, possibilitando a execução de furações, rosqueamentos e fresamentos, inclusive no lado posterior da peça, com uma alta capacidade de arranque de cavacos. Atualmente, existem dois conceitos para a aplicação do eixo B em uma máquina multitarefa:

Uso de um revólver porta-ferramenta, que executa os movimentos angulares.

eixo-B-maquina-multitarefas-cnc

Uso de uma estação de usinagem, montada num carro cruzado, que vem acompanhada de um magazine de ferramentas e um sistema de troca de ferramentas. Neste conceito, a unidade de usinagem, que opera com uma ferramenta isoladamente, tem uma construção robusta, garantindo elevados esforços de corte. Além do mais, um grande número de ferramentas de corte pode ser montado no magazine.

Qual torno com ferramenta acionada CNC é ideal para você?

Os tornos com ferramenta acionada possuem várias configurações diferentes, e as variações conseguem atender diferente tipos de peças. Estas combinações de eixos permitem sincronizações e movimentos controlados para executar geometrias específicas. Cada fabricante, possui suas estruturas, inclusive com eixos Y Virtuais, ou seja emulados pelos demais eixos.

Como podemos observar nas ilustrações abaixo:

 

Uma solução multitarefas CNC para cada aplicação

Quer você esteja produzindo peças pequenas com tempos de ciclo unitário de componentes menores que um minuto ou grandes e complexos que exigem uma semana inteira de usinagem, há uma solução multitarefas CNC para aumentar sua eficiência, flexibilidade e produtividade.

De fato, com mais de 90 tipos diferentes de configurações para escolher, existe uma seleção de modelos avançados e altamente versáteis de multitarefas no mundo para garantir o menor custo de unitário.

Adaptações e referências de:

http://www.tornoautomatico.com.br/ Engº Alfredo Vergilio Fuentes Ferrari

https://blog.hurco.com/

https://www.sandvik.coromant.com/pt-pt/knowledge/machine-tooling-solutions/machines/pages/turning-centres.aspx

Excelentes oportunidades de trabalhos estão surgindo neste ano para programadores CNC e pensando nisso a FIT lança novos treinamentos EAD que capacita o aluno em programação de Tornos CNC com o software GIBSBCAM.

Com o treinamento de programação de torneamento o aluno aprende a utilizar o GibbsCAM para Tornos CNC 2 Eixos. Assim, ao fim do treinamento de 24 horas, o participante terá utilizado as estratégias de faceamento, desbaste externo/interno e acabamento externo/interno, operações de furação, corte, canal e sangria. Além disso, serão aprendidas ferramentas de processo, como biblioteca de ferramentas de corte e também gerar programas NC através do pós processamento. No treinamento, possui avaliações e o aluno sendo aprovado recebe a Certificação de Programador CAM de Tornos CNC 2 Eixos.

FIT amplia o aprendizado na modalidade EAD

Pensando em preparar melhor o profissional, a FIT está criando novos conteúdos EAD para facilitar o aprendizado dos alunos. Estes agora podem fazer o treinamento no horário, local e quando puderem. Além do módulo de torneamento, estão disponíveis o treinamento CIMATRON: Desenhista Projetista CAD 3D, que ensina modelar em 3D com superfícies, sólidos e curvas, desenvolver montagem e detalhar em 2D todo o projeto. Com carga horária do pacote é de 24 horas.

Outro treinamento que entrou na lista EAD é o de CIMATRON: Programador CAM de Centro de Usinagem CNC com 24 horas de duração. Neste curso, por exemplo, o aluno aprende a desenvolver variadas estratégias de usinagem para fabricação de moldes, matrizes, eletrodos, placas com alojamentos e furos, e até como programar a partir de desenho 2D em formato DWG importado do AutoCAD/Inventor.

Está disponível também ao profissional acesso ao treinamento FIKUS: Programador CAM de Eletroerosão a Fio EDM CNC, onde conhecerá como programar máquinas de corte a fio EDM, a partir de uma geometria 3D ou detalhamento 2D. Sem necessidade de limpar o desenho, programar qualquer geometria usando os 2, 4 ou 5 eixos de sua máquina de eletroerosão. Sendo de qualquer modelo Agie, Charmilles, Sodick, Ona, Fanuc, Mitsubishi, dentre outras excelentes fabricantes.

Preços e condições de aquisição

Em suma, o treinamento de GibbsCAM: Programador CAM de Tornos CNC 2 Eixos pode ser comprado com desconto no site parcelado sem juros no cartão de crédito VISA ou Master. Conteúdo programático e mais informações disponíveis no menu Treinamentos.

Acompanhe nossas páginas no Facebook e no LinkedIn e fique por dentro de todos nossos conteúdos!

Excelentes oportunidades de trabalhos estão surgindo neste ano para programadores CNC e pensando nisso a FIT lança novos treinamentos EAD que capacita o aluno em programação de Tornos CNC com o software GIBSBCAM.

Com o treinamento de programação de torneamento o aluno aprende a utilizar o GibbsCAM para Tornos CNC 2 Eixos. Assim, ao fim do treinamento de 24 horas, o participante terá utilizado as estratégias de faceamento, desbaste externo/interno e acabamento externo/interno, operações de furação, corte, canal e sangria. Além disso, serão aprendidas ferramentas de processo, como biblioteca de ferramentas de corte e também gerar programas NC através do pós processamento. No treinamento, possui avaliações e o aluno sendo aprovado recebe a Certificação de Programador CAM de Tornos CNC 2 Eixos.

FIT amplia o aprendizado na modalidade EAD

Pensando em preparar melhor o profissional, a FIT está criando novos conteúdos EAD para facilitar o aprendizado dos alunos. Estes agora podem fazer o treinamento no horário, local e quando puderem. Além do módulo de torneamento, estão disponíveis o treinamento CIMATRON: Desenhista Projetista CAD 3D, que ensina modelar em 3D com superfícies, sólidos e curvas, desenvolver montagem e detalhar em 2D todo o projeto. Com carga horária do pacote é de 24 horas.

Outro treinamento que entrou na lista EAD é o de CIMATRON: Programador CAM de Centro de Usinagem CNC com 24 horas de duração. Neste curso, por exemplo, o aluno aprende a desenvolver variadas estratégias de usinagem para fabricação de moldes, matrizes, eletrodos, placas com alojamentos e furos, e até como programar a partir de desenho 2D em formato DWG importado do AutoCAD/Inventor.

Está disponível também ao profissional acesso ao treinamento FIKUS: Programador CAM de Eletroerosão a Fio EDM CNC, onde conhecerá como programar máquinas de corte a fio EDM, a partir de uma geometria 3D ou detalhamento 2D. Sem necessidade de limpar o desenho, programar qualquer geometria usando os 2, 4 ou 5 eixos de sua máquina de eletroerosão. Sendo de qualquer modelo Agie, Charmilles, Sodick, Ona, Fanuc, Mitsubishi, dentre outras excelentes fabricantes.

Preços e condições de aquisição

Em suma, o treinamento de GibbsCAM: Programador CAM de Tornos CNC 2 Eixos pode ser comprado com desconto no site parcelado sem juros no cartão de crédito VISA ou Master. Conteúdo programático e mais informações disponíveis no menu Treinamentos.

Acompanhe nossas páginas no Facebook e no LinkedIn e fique por dentro de todos nossos conteúdos!

Programação CAD e CAM para Torno CNC e Centro de Usinagem CNC: Software GibbsCAM

Com o objetivo de qualificar profissionais capacitados para o mercado, a FIT irá ministrar um curso de programação CAD e CAM para torno CNC e centro de usinagem CNC usando o software GibbsCAM

Sabemos que habilidades e domínio em softwares CAD e CAM são essenciais para quem deseja se destacar na indústria mecânica. Portanto, se você não possui essas habilidades, você ficará muito atras na corrida pelo seu lugar ao sol no mercado.

O GibbsCAM é um software usado pelas maiores e melhores indústrias nacionais e internacionais de diversos segmentos, como: médico-hospitalar, petróleo, alimentício, construção civil, utilidades domésticas, automotivo, aeroespacial.

O curso de programação CAD e CAM será ministrado na Faculdade de Engenharia de Sorocaba: FACENS de 28/01/2019 a 01/02/2019.

Inscrições devem ser feitas até 31/12/2018 através deste link

Programação CAD e CAM com GibbsCAM

O GibbsCAM é um sistema CAM de interface única poderoso para todas as suas necessidades de programação de CNC.

E com um equilíbrio de recursos e interface amigável, o GibbsCAM fornece uma solução perfeita para usuários experientes e novos programadores.

Os ícones são fáceis de entender, e o menu é simples, assim, os programadores não precisam passar por um menu após o outro para executar uma ação. Por consequência, não é necessário muito tempo para aprender a usar o software de maneira eficiente.

Concluindo, o software GibbsCAM reinventa o modo como se faz programação CAD e CAM.

Sobre a FITgibbscam torneamento CNC LB3000 EX 1000

A empresa FIT nasceu, em 2010, com o objetivo de ajudar empresas a se desenvolverem de forma constante e otimizada.

Trabalha com soluções para projetos CAD de moldes e matrizes e programação CNC: Cimatron, GibbsCAM, Fikus, CimcoEdit e Volumill.

Em 2010 a FIT se deparou com um cenário nada promissor, com uma crise econômica se estabelecendo no mercado nacional e um ambiente de concorrência acirradíssima.

Mas, nada disso impediu o crescimento e consolidação da empresa junto a seus clientes.

Atuando como solucionadora de problemas, conseguiu uma carteira de clientes renomados, tais como: Scania, Petrobrás e Nestlé.

A FIT trabalha com a visão de oferecer soluções para alavancar o desempenho de seus clientes.

 

Afim de ajudar a desenvolver a industria nacional, além de oferecer soluções de projetos e usinagem CNC, ministra cursos e treinamentos com o objetivo de qualificar profissionais capacitados.

Como por exemplo, o curso de programação CAD e CAM que ocorrerá na Faculdade de Engenharia de Sorocaba.

Além deste curso de programação CAD e CAM, a FIT oferece vários outros treinamentos, afim de qualificar profissionais cada vez mais.

 

 

Sobre a FACENS (Faculdade de Engenharia de Sorocaba)

A Faculdade de Engenharia de Sorocaba (FACENS) é a primeira instituição de ensino superior nesta área fundada em Sorocaba.

Mantida pela Associação Cultural de Renovação Tecnológica Sorocabana, é considerada uma entidade de Utilidade Pública Federal sem finalidade de lucros.

Assim sendo, concede bolsas de estudos aos alunos que apresentam carência socioeconômica comprovada e investe seus resultados em prol da Faculdade.

Atualmente oferece onze cursos de graduação voltados a tecnologia, cursos de Pós-Graduação e Especialização.

Seu nível de ensino é reconhecido pelo mercado de trabalho, resultando no altíssimo percentual de empregabilidade de seus formandos.

Possui um destacado corpo docente e uma ótima infraestrutura, com laboratórios muito bem equipados e, acima de tudo, tecnologicamente atualizados.

Vantagens do Cimatron 14 Nova Versão

A FIT apresenta o Cimatron 14 Nova Versão, lançamento 2018, uma solução CAD/CAM mais completa, dedicada a projetos e fabricação de estampos e moldes, que agora traz novos aprimoramentos que beneficiam empresas com produto próprio, usinadoras e ferramentarias nas mais diversas operações.

Essa nova versão faz com que nossos clientes estejam mais capacitados no mercado competitivo.

Com mais de duzentos novos recursos, o Cimatron 14 inclui vários aperfeiçoamentos para que o projeto de chapas seja mais fácil, rápida e segura.

A nova programação NC agora possui uma usinagem mais rápida, devido ao novo desbaste. O algoritmo está melhorado; ele possui conexões mais eficientes, possui CBP (Limpeza Entre Passes - Clean Bettwen Passes) e reconhecimento mais eficiente de ilhas e desbaste 20% mais rápido.

O acabamento tornou-se mais rápido com as Ferramentas Barril. Isso é possível devido à grande curvatura dessas ferramentas, permitindo o uso de uma profundidade maior (Ap), mantendo a mesma qualidade de superfície.

 

Alta Qualidade Superficial

A alta qualidade superficial é possível devido ao algoritmo de inclinação 5 eixos (tilting) que foi melhorado e agora deixa os movimentos mais suaves dos eixos da máquina e com menos vibrações.

A qualidade superficial também é mais refinada, com um só parâmetro nos procedimentos; sem grande diferença no padrão, além de não necessitar de polimento manual.

 

Converter para 5 eixos

Com o novo procedimento de “Converter para 5 eixos” os 3 eixos são separados da inclinação 5 eixos; além disso a região 3 eixos não precisa ser recalculada, o que faz mais econômico o tempo de cálculo.

Existem duas opções para definir a operação de inclinação:

  • Automático - O sistema calculará automaticamente o percurso de 5 eixos como nas versões anteriores.
  • Guiado - O usuário pode usar geometrias de orientação (contornos e pontos) como uma referência para direcionar o método de inclinação e obter melhor controle e cálculo mais rápido do caminho da ferramenta.

Faceamento e Reconhecimento Automático de Geometrias

A nova programação possui faceamento automático considerando “Peça & Material Bruto” e sem a necessidade de definir contornos ou valores Z, gerenciador de cavidade com análise, filtro e organização, templates de cavidade com aplicação de um processo completo de cavidade selecionadas, auto detectar chanfros evita colisões de ferramentas e possui furação automatizada.

A usinagem é baseada em característica; disponível licença para automação de placas como avaliação para todos os clientes atualizando para o Cimatron 14.

Cimatron 14 Nova Versao reconhecimento automatico geometria

Limpeza Guiada possui uma nova aplicação.

Ela guia e gerencia o processo de redesbaste; com a programação mais rápida, mais segura e mais eficiente. Melhor utilizado para componentes de grande complexidade como: pára-choques, grade automotiva, etc.

O segmento de redesbaste são encontradas as regiões não usinadas por uma ferramenta de corte previamente utilizada. Todos os dados são mostrados em uma área gráfica e controlada via uma tabela de seguimento para redução de raios.

Os usuários podem cortar, dividir e deletar segmentos e também podem especificar direções para cada segmento.

A limpeza guiada agora também possui dois novos procedimentos: Guided CleanUp e Multi-Axis Guided CleanUp. Eles fazem o fresamento de cada segmento de acordo com uma direção pré-definida.

Cimatron 14 Nova Versao reducao raios

Com o novo Cimatron 14 existe uma melhor utilização de máquinas CNC.

O IPM ou Medição de Processo é feita na máquina CNC, enquanto a peça ainda está montada na máquina e isso faz com que exista uma melhor utilização de sua fábrica.

Na máquina CNC o sistema em tempo real de prevenção de colisão, instalado como padrão em todas às máquinas CNC Makino 5-eixos, verifica todos os componentes e verifica todos os modos de trabalho ( G-Code Program, CAM, Manual Jog, MDI).

O Cimatron 14 oferece uma interface para compartilhar dados com o aplicativo Makino CSG (Collision Safeguard). A interface Makino CSG é uma adição às interfaces para Vericut e Eureka suportadas atualmente.

A interface entre o Cimatron e o Makino CSG é direta e permite uma prevenção de colisão em tempo real durante a verificação do programa de 3 Eixos e 5 Eixos no Cimatron em relação à peça e material bruto.

 

Algumas outras novidades do Cimatron 14 são:

  • Acabamento de superfície espelhada, moldes e peças; lentes, matriz de lentes e lentes Fresnel.
  • Usa ferramentas de corte não giratórias, arredondadas, V-shape e quadrada.
  • Vibração ultra-sônica
  • Micro desbaste no caminho da ferramenta Hale com 5 eixos.
  • Permite todos os formatos de ferramentas e na simulação de usinagem.

 

Integração com AutoForm

Nesta versão 14 inclui o ProgSim, simulador de conformabilidade CAE, que vem a ser uma sub-versão do Autoform, mais barata, melhor integrada com o Cimatron; mais recomendado em estampos progressivos automotivos. Ele também reduz os números de try-outs o que torna o projeto de estampo mais rápido.

O AutoForm ProgSim permite aos usuários Cimatron as seguintes funcionalidades:

  • Visualização de análise de formabilidade
  • Preparação guiado de dados semi-automática
  • Simulação de transporte transfer
  • Propriedades do material estendido
  • Definir forças por cada ferramental
  • Compensação de Springback (retorno elástico da chapa)
  • Otimização da linha de corte (Trim Line)
  • Colaborar dados de resultados de simulação com o Cimatron
  • Executar simulação com Cimatron
  • Envia de volta ao Cimatron ponto de dados em nuvem STL
  • Ter resultados visuais de falhas e voltar ao Cimatron para reprojetar

Cimatron 14 Nova Versao

Novas ferramentas avançadas de geometria de projeto de estampos

Novas ferramentas avançadas de geometria de projeto de estampos, como superfícies Addendum (Encabeçamento) e Fuzzy Offset (Casca), foram adicionadas para ampliar os recursos do aplicativo.

A casca Fuzzy Offset Design (Die Casting) trata-se de um “offset” de superfície robusto, que facilmente cria uma superfície offset aproximada, fora de uma complexa superfície.

Estampos tipo Transfer define e cria faces Addendum (encabeçamento automatizado) entre as faces do blanque e o binder de maneira mais rápida e fácil. Uma lista pré-definida de formatos Cross Section está disponível para escolha da superfície Addendum.

Peças grandes/médias são transferidas entre múltiplas prensas. (Cascas, aplicação de tubos, estruturas, componentes estruturais).

O desenvolvimento de projeto também foi modificado. Projeto de moldes mais fácil e rápido. Verificação de furos; uma nova ferramenta identifica erros no projeto que podem levar a vazamentos nos moldes antes da fabricação.

Cimatron 14 Nova Versao

Reconhecimento de furos. Permite que o criador de moldes, analise mais rapidamente os furos usados no projeto.

Projeto mais fácil e mais rápido. Nova ferramenta de seleção e texto volumétrico. Projeto de malha paramétrica, cria objetos de malha de diferentes tipos.

O usuário tem uma melhor experiência. Ele pode customizar as configurações de mouse/teclado. Eles também podem configurar o sistema para funcionar como estão acostumados.

 

A FIT Tecnologia é uma empresa brasileira que tem sua prioridade em identificar, desenvolver e implantar novas tecnologias CAD, CAM, CAE e DNC utilizadas na área industrial de alto desempenho. Em parceria com a 3DSystems que desenvolve o Cimatron e GibbsCAM trazendo inovações há mais de 30 anos e ao longo dos anos cresceu e se tornou uma empresa mundial de soluções digitais 3D. Sempre trabalhando para resolver problemas empresariais nessa área com seu extenso portfólio de tecnologias de hardware, software e materiais avançados.

GizmoVest atinge um novo nível de produtividade na fábrica com o programa GibbsCAM.

"A renderização, as mudanças de ferramenta e a verificação da trajetória da ferramenta estavam bem ali. Foi muito fácil de usar. Pude terminar os trabalhos em minutos. A experiência foi totalmente positiva. Eu sabia que poderia ganhar dinheiro." Steve Molina, presidente, GizzMoVest

Como diz o ditado, “quando fecha-se uma porta, outra se abre ”, tal foi o caso de Steve Molina e Jeff Krause, que quando eles anteviram seu fracasso iminente, deixaram seu antigo empregador para começar seu próprio negócio em Santa Barbara, Califórnia. Com suas experiências de trabalho, eles sabiam que precisariam investir no software GibbsCAM da 3D Systems (Moorpark, Califórnia) para permitir que sua nova empresa, a GizzMoVest, reduzisse os prazos e crescesse.

Planta da Fábrica ganha novas máquinas CNC

Em 2011, o Sr. Molina, engenheiro de produção, tornou-se presidente e programador CNC na GizzMoVest, e o Sr. Krause, engenheiro de projetos, tornou-se vice-presidente e projetista principal. Alugaram uma instalação de 4.000 m², projetaram uma estrutura impressionante, e começaram a contratar seus colegas do antigo trabalho e instalaram o equipamento necessário para se tornar um produtor único de protetores de queda para instrumentos sensíveis e valiosos.

Com pedidos em mãos do pré-teste de seu produto, a fábrica logo investe em soldadores, serras de fita verticais e horizontais, prensas de furação, polidores, trituradores, trituradores fixos, polidores de vidro, compressores, laminadores, prensas termoformadoras, ferramentas manuais, e até máquinas de costura industriais.

A principal máquina era um centro de usinagem cnc Haas VF-2, que logo substituíram por uma Haas VF-3 Super rápida com um trocador de 24 ferramentas de corte e um área útil de 40 por 20 por 25 polegadas para acomodar produtos maiores.

 

Simulação de Usinagem CNC

Steve Molina nunca fez peças sem simulação. Em vez disso, ele depende da precisão e confiabilidade do GibbsCAM Cut Part Rendering, que verifica os caminhos das ferramentas, mostra o acabamento da superfície e possui ferramentas executáveis e operações individuais, conjuntos ou todo o trabalho. Aqui, a renderização mostra uma simulação do nosso GizzMoVest Adapt no núcleo do molde da caixa.

Escolhendo o GibbsCAM para operar suas máquinas em grande parte com base em sua experiência buscando software CAM para seu empregador anterior, ele identificou uma oportunidade para grandes reduções de prazo de entrega e crescimento de lucros, então ele propôs trazer toda a moldagem terceirizada para a produção iniciando uma busca por um software CAM. Na feira comercial Westec, ele falou com os vendedores CAM que mais tarde visitaram a empresa e apresentaram demonstrações falhas em seus laptops.

Insatisfeito com as suas tentativas e incapacidade de responder perguntas complexas, o Sr. Molina pediu que os vendedores programassem uma peça e nada aconteceu, até que um representante da GibbsCAM, veio e programou a mudança de ferramentas em um componente do GibbsCAM, usinou a peça em uma Bridgeport de três eixos com o controle Accu-Rite."Fiquei impressionado", disse o Sr. Molina.

Colocando a solução na mesa do chefe, o Sr. Molina ganhou a aprovação do GibbsCAM. Além de resultados rápidos, ele diz que ficou impressionado com a interface do GibbsCAM, porque seu trabalho permaneceu na mesma página e na mesma tela. "Toda vez era necessário escolher ferramentas de corte, estilos de usinagem ou modificações de projeto eram necessárias, agora não mais!

Ganhando dinheiro enquanto dorme!

Chega de abrir páginas, alterná-las ou perdê-las. Os menus deslizaram quando eu cliquei sobre o que eu precisava. A renderização, a mudança de ferramenta e a verificação da trajetória da ferramenta estavam bem ali, foi muito fácil de usar. Fui capaz de terminar os trabalhos em minutos. A experiência foi totalmente positiva. Eu sabia que poderia ganhar dinheiro para meu chefe ", ele conta.

Semanas depois, enfatizando o sucesso, o Sr. Molina disse a seu chefe: "Mesmo enquanto dorme, você está ganhando dinheiro, usinando com as máquinas CNC, mas com a fábrica com as luzes apagadas". Agora, ele continua alcançando resultados positivos com o GibbsCAM no GizzMoVest. As empresas que procuram a terceirização de moldes, termoformagem e montagem podem enviar todo o trabalho para o GizzMoVest, que pode fornecer tudo finalizado em três, as vezes duas semanas, ele conta.

Com longos projetos, o Sr. Molina tem o prazer em receber projetos finais do molde de engenheiros que trabalharam por semanas aperfeiçoando um produto e mostrar-lhes uma cavidade de molde acabada 16 horas depois. "Eles me deram desenhos acabados no final do dia e pensam que vão me manter aqui a noite toda", diz ele. "Mas eu sou tão eficiente com GibbsCAM que rapidamente programei um trabalho, coloquei no Haas, apertei 'Começar', apaguei as luzes e fui para casa. O GibbsCAM realmente me deixa dormir à noite. "

Este núcleo de molde de alumínio para o caso da Adapt, foi feito com nossas luzes apagadas em uma Haas VF-3 Super Speed ​​em apenas 19 horas e 20 minutos.

Experiência do usuário com o Gibbscam para usinagem CNC

A eficiência vem de sua experiência com o GibbsCAM. Por exemplo, os processos de usinagem usados ​​para qualquer projeto podem ser associados a ferramentas específicas ou estilos de usinagem e reutilizados. Quando necessário, processos ou ferramentas são quase iguais a um trabalho anterior, o Sr. Molina carrega o novo modelo de peça no arquivo salvo, faz mudanças, clica em "refazer" e está pronto. Às vezes, ele completa a programação alguns minutos após o engenheiro lhe entregar o arquivo no SolidWorks.

Embora todos os moldes da empresa sejam de alumínio, obter acabamentos lisos e cantos afiados podem levar horas. Em moldes menores, os raios são pequenos, Sr. Molina comenta: "Quando você está com um fresador com faca esférica de 1/32 de polegada, você mata o tempo, especialmente gravando logotipos de clientes, que precisam ser afiados.

Estão quase sempre localizados em uma curva ou uma superfície 3D. Quando eles se curvam em duas direções, passa o tempo de ciclo ".O GizzMoVest compensa o tempo sem erros de programação.

De acordo com o Sr. Molina, suas máquinas nunca bateram, ele nunca quebrou algo, e ele nunca perdeu sua peça. Ele começa um trabalho na sexta-feira à noite e volta a segunda-feira de manhã com uma peça acabada, com a máquina desligada e na posição inicial, e a última ferramenta no trocador. Ele considera a verificação de ferramentas e a renderização de peças para corte do GibbsCAM como seu confiável simulador de cortes. Uma vez que está sempre disponível, ele pode executá-lo para operações de uma única ferramenta, operações múltiplas ou todo o trabalho. "Se eu não pudesse ver o trabalho acabado na tela, eu teria que ficar de pé na máquina o tempo todo", diz ele.

 

Fabricando Dispositivos e Protótipos

A metade do negócio da GizzMoVest é de fabricantes de dispositivos, o saldo restante provém de vendas ao consumidor e ao serviço militar. Servindo como gabinetes de proteção e de apresentações, os produtos OEM incluem estojos para drones Lockheed Martin, lupas binoculares cirúrgicas Q-Optics, equipamentos veterinários de ultra-som equinos da Sound e fones de ouvido profissionais do Mr. Speakers. Os produtos diretos e distribuídos incluem casos para a Garmin, Flir, Delorme e SportDog’s GPS; capas para hoverboard; e para todos os propósitos o caso de adaptação da GizzMoVest.

Com 10 funcionários e muitos trabalhos na prototipagem, o Sr. Krause diz que a empresa dobrará em tamanho dentro de 18 meses. Ele diz que sua recusa em comprometer a qualidade é uma vantagem chave, junto com entrega rápida e fazer tudo em casa com funcionários totalmente capacitados. As máquinas Haas e o software GibbsCAM continuam a ser fundamentais para o sucesso. "Minha experiência com GibbsCAM continua totalmente positiva", diz Molina. "Não posso quantificar o que fazem por nós. Por isso, não terceirizamos, então eu poderia dizer que cortou semanas, até meses, no prazo de entrega e nos ajudou a alcançar e manter a qualidade. Com certeza, GibbsCAM me permite ir para casa à noite. Eu nunca mais recomendaria outra coisa".

gibbscam

GibbsCAM Cut Part Rendering verifica os caminhos da ferramenta e exibe o acabamento da superfície em um processo de usinagem para fazer um molde pequeno. Esta é a frente e a parte de trás de uma caixa para GPS e também para dispositivo de rastreamento de cães. Muitos embalagens do GizzMoVest incorporam uma característica de articulação alta conformada no centro da peça pelo processo de moldagem.

VoluMill Otimiza Desbaste na PTD Performance Tool and Die com Alta Remoção de Cavaco

As ferramentas da VoluMill reduzem dramaticamente os tempos de ciclo e aumentam significativamente a vida útil das ferramentas de corte.

 

Desafios do Negócio

Performance Tool and Die (PTD), um dos principais fornecedores de ferramental para as indústrias automotiva, agrícola e recreativa, estava procurando formas de diminuir esforços no material durante o corte, aumentar a vida útil das ferramentas e reduzir o tempo do ciclo - objetivos aparentemente contraditórios.

As ofertas da PTD incluem matrizes / estampos, formar e progressiva; ferramental de freio; ferramentas de dobra do tubo; soldagem e fixação de máquina.

Volumill-gibbscam-usinagem-dinamica

"Porque estamos em uma configuração de ferramentaria, cada bloco que fazemos é diferente do último", disse Jake Kopveiler, programador CNC da PTD. "Não somos capazes de fazer ajustes específicos de blocos, então a maioria dos componentes é mantida em um torno. Com um centro de usinagem vertical de cinco eixos, o problema de fixação de blocos torna-se ampliado, uma vez que estamos tentando realizar mais percursos no bloco do que normalmente seria feito em uma máquina de três eixos. Os blocos são muitas vezes deixados para fora da placa ou dispositivo mais do que o normal, o que é uma situação menos que ótima em relação à pressão de corte ".

A necessidade de reduzir a pressão e os tempos de ciclo levou o gerenciamento da PTD a avaliar um produto de software sugerido por seu Revendedor GibbsCAM®.

 

A Solução para o negócio

O VoluMill ™ é um motor de ferramentas de plug-in da Celeritive Technologies que está integrado no GibbsCAM. Esta nova tecnologia de gênero gera trilhos de ferramentas com movimentos suaves e baixa força no fuso e na ferramenta de corte. As ferramentas da VoluMill reduzem dramaticamente os tempos de ciclo e aumentam significativamente a vida útil das ferramentas de corte.

 

Volumill-gibbscamOKK MCV1060 Fuso CAT50 13.000RPM.

 

"Nosso revendedor nos disse que outros clientes estavam observando enormes ganhos, então decidimos aproveitar a oferta de avaliação gratuita da VoluMill", disse Kopveiler. "Nós ficamos muito céticos com a redução de tempo anunciada e a vida útil prolongada da ferramenta, mas depois de usá-la por um curto período de tempo, achamos que isso é o verdadeiro negócio".

Quase imediatamente, PTD estava em execução em avanços 10 vezes mais rápido do que antes. Em alguns casos, a PTD experimentou economias ainda maiores. A execução de um grande pedestal feito de aço ferramenta A2 usado para levar 22:36 minutos para correr com um fresa insertada de três polegadas. Com o VoluMill, o mesmo processo levou apenas 7:20 minutos com um fresa esférica com diâmetro sólido de meia polegada, proporcionando um aumento de eficiência de 208 por cento. Uma vez que o período experimental terminou, a PTD comprou três licenças VoluMill.

 

Benefícios do VoluMill

"Os benefícios excederam nossas expectativas", explicou Kopveiler. "Nosso método tradicional de desbastar bolso em uma placa ou bloco seria fazer passes de .100 a .150 de profundidade de corte e corte periférico de diâmetro de corte de 50 por cento. Ao fazer isso, usamos o fundo .100 a .150 de faca repetidamente, fazendo com que elas se usassem enquanto o resto da fresa estava visivelmente intocado.

"Agora, deixamos a fresa inteira percorrer todo o caminho até o bloco para o encaixe de faca completa e, dependendo da fresa, com passe de .020 para .080 periféricos", continuou Kopveiler. "Como o software VoluMill mantém uma quantidade de corte periférica consistente, podemos colocar nossas ferramentas de corte para a capacidade máxima sem ter que se preocupar com cortes mais pesados ​​em cantos afiados no percurso da ferramenta. Isso prolongou significativamente a vida útil das nossas ferramentas de corte ".

Mais importante ainda, a PTD descobriu que a usinagem com trajetórias de ferramenta VoluMill produzia menos pressão de corte na peça do que quando cortava com percursos de ferramentas tradicionais, o que eliminava os problemas de bloqueio que estavam enfrentando. Este benefício afetou significativamente a produção dessas peças, incluindo a quantidade de sucata que eles estavam gerando devido ao bloqueio de problemas de fixação. Embora a PTD não acompanhe os números de sucata, eles estimam que a sucata devido ao bloqueio de remoção da fixação foi reduzida em aproximadamente 25%.

Os movimentos suaves da ferramenta gerados por um percurso de ferramenta VoluMill permitiram que a PTD aumentasse o avanço 10 vezes, enquanto tira cortes periféricos de 80% menores de quatro a oito vezes a profundidade de corte dependendo da fresa que está sendo usado.

Parâmetros da Aplicação

Antigos Novos
Material Aço A2 Aço A2
Refrigeração Seca com jato de ar Seca com jato de ar
Toolpath Desbaste / Contorno Padrão Volumill
Cutter 2" Iscar Helido Shellmill / 1/2" Garr Tool® VRX variable
1/2" Garr Tool® VRX variable helix carbide coated
helix carbide coberta 4-facas esférica 4-facas esférical
Dimensões de Corte

 

2" .062" corner rad /

1/2" x 1"

1/2" x 1"
Máquina OKK MCV1060 OKK MCV1060
CAT50 13K spindle CAT50 13K spindle
Suporte Ferramenta 1/4" arbor holder / ER32 collet holder ER32 collet holder
SFM 366 / 393 ft./min. 1,571 ft./min.
RPM 700 / 3,000 12,000
CLPT .0125" / 0.0025" 0.0041"
IPM 35 / 30 200
ADOC 0.15" / 1" 1"
RDOC 1.25" / .02" 0.03"
Rampa N/A N/A

"No geral, isso equivale a cerca de 40% de economia de tempo em operações de fresamento. Percebemos um aumento de 208 por cento na produtividade usando caminhos de ferramentas VoluMill em um bloco de furação maior ", disse Kopveiler.

A Vantagem do Volumill

O VoluMill foi projetado para eliminar as poucas condições de usinagem que as ferramentas tradicionais produziram desde o advento das fresadoras com controle numérico. As máquinas CNC apenas executam comandos fornecidos por um calculador de trajetória de ferramenta, que dão instruções precárias e requerem máquinas e ferramentas de corte para operar em condições adversas. O VoluMill, que pode trabalhar com qualquer sistema CAM, gera trajetórias de ferramentas com condições de usinagem ideais, melhorando a utilização da máquina e a produtividade da fábrica.

Volumill-gibbscam-centro-usinagemOKK MCV1060 CAT50 máquina de fuso 13.000 RPM fresando um componente de aço A2.

 

Os percursos de ferramenta VoluMill aumentam o retorno do investimento em máquinas-ferramentas, ferramentas de corte e componentes de fixação, aumentando a eficiência da utilização da máquina, a produtividade da loja e a vida útil da ferramenta de corte. Essas economias são particularmente importantes em ambientes econômicos adversos. A VoluMill oferece a abordagem de menor custo para aumentar a produtividade para a fabricação, e geralmente se paga em um único emprego.

"No geral, o VoluMill ™ tem sido uma ferramenta fácil de aprender e usar. Foi um grande sucesso até agora, e pagou por si mesmo. Recomendamos a qualquer pessoa em uma configuração de ferramental ou produção, especialmente quando a remoção eficiente de material em grande quantidade é desejada ".

Jake Kopveiler, programador CNC, Performance Tool e Die

“Com as velocidades e avanços extremos que são utilizados, clientes e outros são muito impressionado com o que estamos fazendo”, Kopveiler concluiu. "Recebemos numerosos elogios no processo, e as promessas iniciais dadas nos materiais VoluMill provaram ser precisas".

Jake Kopveiler, programador CNC da Performance Tool e Die, apresenta uma peça completa cortada por um fresa de esférica de 4 facas revestido com carboneto de hélice variável Garr Tool® VRX e uma estratégia VoluMill ™.

 

Como funciona na prática o Volumill

 

VoluMill™ is a trademark of Celeritive Technologies, Inc.

Indústria: Ferramentaria

Performance Tool and Die

Possui dois endereços Detroit Lakes, Minn. e Lakeville, Minn.

www.ptdmn.com

CAM SYSTEM

GibbsCAM®

 

Rua Prof. Altamir Gonçalves, 87
Jardim Gonçalves – Sorocaba/SP
CEP 18016-480
Horário: de segunda à sexta, das 8h às 12 e das 13h às 17h, exceto feriados.
© 2021 Fit Tecnologia. Todos os direitos reservados.
crosschevron-down