Falta Projetista de Moldes no mercado! Como aproveitar as oportunidades e se qualificar?

10 de junho de 2019

A área de Projetos de Moldes de injeção plástica está em falta no mercado brasileiro, principalmente os profissionais projetistas de moldes com conhecimento prático.

As empresas fabricantes de moldes, as ferramentarias, na sua grande maioria, segundo dados de 2014 possui um parque industrial de máquinas consideradas novas.

Sendo as citadas acima, 72,55% das máquinas possuem aproximadamente nove anos de uso.

O grande entrave neste segmento é o conhecimento e a experiência, restritas a poucos profissionais.

As empresas confiam muito na experiência de poucos profissionais do que na capacitação de novos profissionais. Esse é um erro estratégico das empresas do segmento.

Considerando que todos os produtos fabricados globalmente, cerca de 70% destes produtos são oriundos da fabricação de termoplásticos, de diversos segmentos industrial: automotivo, bebidas, alimentos e construção civil.

O Mercado de Injeção Plástica para o Projetista de Moldes

Para as empresas se tornarem competitivas é necessário investir em capacitação e no desenvolvimento de novos profissionais.

Neste cenário com a falta de profissionais qualificados, ainda temos diversos problemas para os desenvolvedores de moldes de injeção plástica nacional que são:

  • A concorrência com o mercado internacional, principalmente a China;
  • A falta de profissionais especializados no segmento;
  • O tempo de entrega dos moldes para seus clientes.

O profissional que atua ou pretende ingressar na área de Projetos de Moldes de injeção e estampo, necessita se atualizar constantemente, o advento da tecnologia no segmento requer essas habilidades como pré-requisitos.

Mas não é suficiente apenas conhecer softwares CAD/CAM específicos de Projetos de Moldes ou desenhos técnicos.

É preciso saber lidar com diversas situações de pressão, que é o ambiente industrial, no que diz respeito a prazo, qualidade e custo.

No departamento de desenvolvimento de Projetos de Moldes temos geralmente os seguintes profissionais: gerente de projetos, supervisor de projetos, engenheiros, projetistas de moldes e desenhistas.

Falaremos especificamente para o cargo de projetista, mas é claro que estas recomendações de capacitação técnicas pode ser adotadas aos demais cargos.

Conforme a experiência aumenta as chances de crescimento da carreira são maiores e os assuntos referentes a gestão do departamento irão ganhando importância e o profissional deve se capacitar.

O projetista de moldes tem como responsabilidade de desenvolver projetos para fabricação de moldes e estampo, conforme normas técnicas e atender aos requisitos dos clientes.

Nessas atividades estão inseridas as definições das etapas dos processos o levantamento de materiais e o custo.

 

A Qualificação Necessária para Entrar no Seguimento de Moldes de Injeção

O grande diferencial para atuar nesta área é o profissional iniciar se dedicar aos cursos técnicos, podendo ser técnico mecânico, técnico de plásticos e posteriormente fazer um curso de graduação superior como engenharia.

Durante o curso técnico, existe a possibilidade de iniciar o desenvolvimento de um estágio no setor da ferramentaria e após o término do curso técnico, é possível ser efetivado, conforme os resultados obtidos e a disponibilização de vagas.

As empresas contratam estudantes de cursos técnicos que ganham conhecimento e experiência na área.

Seguindo uma trajetória desde a área de ferramentaria com desenvolvimento e aplicações de desenhos técnicos e programações CNC, até chegar no departamento de Projetos de Moldes.

Conforme o profissional vai conquistando experiência e capacitação, necessita desenvolver a área de gestão para chegar a cargos de supervisor e gerente.

O profissional desta área necessita adquirir conhecimentos técnicos práticos e teóricos, existem diversas modalidades de ensino com a possibilidade de estudar presencial ou EaD, cursos à distância.

Requisitos projetos de moldes fit

Figura 1: Molde de Injeção Plástica

Relacionamos um conjunto de cursos que contribuirão para esta formação

1-Mecânico de Usinagem

Este curso oferecido pelo SENAI, apresenta qualificação profissional em processos de usinagem utilizando CNC.

Disciplinas específicas são ofertadas aos alunos tais como: desenho técnico, hidráulica, pneumática, metrologia, tecnologia mecânica.

Este curso é oferecido pelo Senai: Curso Mecânico de Usinagem

2-Projetista de Moldes

Vai aprender a desenvolver Projetos de Moldes de injeção plástica que inclui a elaboração do projeto e o desenvolvimento do processo de manufatura com a ferramentaria e a aplicação de softwares CAD/CAM.

Este curso é oferecido pelo Senai: Projetista de Moldes para Injeção de Termoplásticos

Quais requisitos técnicos os interessados nesta área de projetos de moldes devem possuir e onde encontrar capacitaçãoFigura 2: Simulação do Processo de Injeção Plástica com Moldex 3D

3-Software específicos CAD/CAM

A FIT Tecnologia, empresa especializada na comercialização de softwares e soluções para engenharia que utiliza tecnologia CAD, CAE, CAM, DNC, oferece diversos cursos na área de projetos e programação. São os seguintes cursos dividos em dois grupos, sendo estes: Cursos de programação: Os cursos de programador CAM (Manufatura Assistida por Computador), tem como objetivo de desenvolver programação de máquinas CNC. E os cursos de CAD (Desenho Assistido por Computador) é o desenvolvimento de desenhos técnicos em plataforma computacional.

  • Programador CAM de moldes e matrizes ;
  • Projetista de moldes CAD ;
  • Programador CAM de tornos CNC ;
  • Projetista de estampo CAD ;
  • Programador CAM de centro de usinagem CNC ;
  • Desenhista projetista CAD ;
  • Programador CAM de centro de usinagem de 4 e 5 eixos ;

4-Normas regulamentadoras

As normas técnicas são as referências normatizadas que os profissionais se orientam para desenvolver seus produtos, neste caso estamos falando de moldes e estampo e o órgão responsável é a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Essas normas específicas são apresentadas durante o desenvolvimento do curso de técnico mecânico, projetista entre outros.

Destacamos a NBR13536, uma norma técnica que faz referência a segurança de máquinas de injeção plástica e de borracha.

Nela apresentam-se os requisitos da interface entre as máquinas injetoras e os seus moldes de injeção e os equipamentos periféricos.

5-Competências Transversais

O Senai, através da sua plataforma EaD, oferece diversos treinamentos online sobre o tema chamado de competência transversal.

Esse conteúdo aborda um conjunto de habilidades que somada a experiência técnica torna o profissional mais competitivo e preparado para o cenário do mercado atual.

São diversos cursos apresentados nesta plataforma, tendo como destaque os seguintes cursos:

Competência Transversal – Segurança no trabalho

Competência Transversal – Metrologia

Os temas de segurança do trabalho e de metrologia são apresentados como disciplinas em cursos técnicos e devem ser levados em consideração no desenvolvimento do ferramental pelos Projetistas de Moldes.

6-Noções do conceito Indústria 4.0

Chamada de quarta revolução industrial, atualmente é o tema mais abordado na área industrial.

A Indústria 4.0 teve origem de um plano estratégico do governo alemão para se aplicar no segmento industrial, que é consiste em utilizar o advento de alta tecnologia com aplicação da internet na indústria.

Dentre todas as etapas da Indústria 4.0, é muito interessante o conceito da manufatura aditiva ou impressão 3D, que pode ser aplicada na área de Projetos de Moldes.

Dessa forma, é possível simular produtos e moldes que anteriormente, com escassez tecnológica, era realizado em forma de prototipagem.

O Senai disponibiliza em sua plataforma EAD online de cursos gratuitos, como o Desvendando a indústria 4.0

Com o surgimento de novas tecnologias e o avanço da transformação digital, o mercado de trabalho necessita de profissionais que interajam com todas essas inovações tecnológicas.

O mercado de trabalho exigirá do profissional que estará inserido no contexto da Indústria 4.0 um perfil profissional diferenciado, possuindo as seguintes características:

  • Visão sistêmica do processo: Através de aplicativos para o celular, o profissional receberá informações sobre a eficiência do processo produtivo.Caso seja necessário, deverá atuar prontamente para avaliar e realizar intervenções nos equipamentos.
  • Flexibilidade: O profissional deverá sempre estar disponível para agregar mais funções nas suas atividades. A indústria 4.0, criou várias funções em cargos tradicionalmente já conhecidos.
  • Formação multidisciplinar: Além das recomendações citadas anteriormente de capacitação, o profissional da indústria 4.0 deverá ter amplo conhecimento de tecnologia, automação, e noções de sistemas de segurança da informação.
  • Capacidade de analisar grande volumes de informações: Através do Big Data, o profissional deverá coletar e analisar uma grande quantidade de informações para tomadas de decisões.
  • Relacionamento interpessoal: Esta habilidade continua sendo muito importante, o profissional deverá estabelecer contatos com diversos departamentos da indústria.Seja trabalhando em grupos, liderando equipes multidisciplinares e aproveitando das ferramentas tecnológicas que facilitará a comunicação.

 

7-Cursos introdutórios para área de gestão

Conforme comentado anteriormente, o profissional irá se desenvolvendo e agregando conhecimento e abrindo as possibilidades de promoções, sendo necessário o desenvolvimento no que se diz respeito a gestão do negócio.

A FGV (Fundação Getúlio Vargas), oferece através da sua plataforma de ensino EaD cursos introdutórios gratuitos com pouca carga horária e com certificação de conclusão.

São cursos de curta duração em que o profissional terá o primeiro contato com o tema e futuramente, conforme o interesse e a necessidade o profissional.

Pode também se aprofundar através da realização de cursos com uma carga horária maior e com maior conteúdo.

Os cursos indicados são:

Avaliando e começando os estudos

Com essas informações de capacitação sugeridas, o profissional que pretende ou já está atuando no segmento de Projetos de Moldes e estampos, avaliará e decidirá quais os formatos de capacitação que estão disponíveis atendem as suas necessidades.

O mercado de trabalho, está bem competitivo e o profissional que busca capacitação na sua área de atuação, tem mais chance de ser contratado como Projetista de Moldes.

O segmento de Projetos de Moldes e Estampos necessita de profissionais qualificados e estará aquecido nos próximos anos em decorrência de investimentos no setor.

Esta é uma ótima oportunidade para começar os estudos.

Gostou? Acompanhe nossas páginas no Facebook e no LinkedIn e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Rua Prof. Altamir Gonçalves, 87
Jardim Gonçalves – Sorocaba/SP
CEP 18016-480
Horário: de segunda à sexta, das 8h às 12 e das 13h às 17h, exceto feriados.
© 2021 Fit Tecnologia. Todos os direitos reservados.
crosschevron-down