5 Principais Características do Toyotismo

O toyotismo é um conhecido modelo de produção industrial idealizado por Eiji Toyoda e Taiichi Ohno. Os dois foram os principais desenvolvedores do método que visa a acumulação flexível e a contenção de desperdícios ao longo da produção. 

A princípio, o Sistema Toyota de Produção foi implantado nas fábricas de automóveis da Toyota Motors, e, em pouco tempo tornou- se referência em seu meio. 

Com isso no texto de hoje, iremos explicar quais são as 5 principais características desse modelo de produção e quais são as principais vantagens e desvantagens ao adotá-lo na indústria. 

Continue o texto e entenda mais sobre  o toyotismo, boa leitura!

O que é e como surgiu?

O sistema de produção industrial, o toyotismo, surgiu no Japão após a Segunda Guerra Mundial. Criado por Eiji Toyoda e Taiichi Ohno, seu objetivo é a fabricação de produtos sob demanda, a fim de poupar desperdícios. 

Com o aumento da popularidade do neoliberalismo e da globalização nos anos 60 e 70, o método começou a atrair a atenção dos donos de indústrias cada vez mais. 

A idealização se deu início quando Toyoda, também fundador da Toyota, viajou até os Estados Unidos para estudar a rotina de produção das fábricas americanas. 

Nesta época, a maioria delas atuavam com o modelo Fordista de produção, também chamado de produção em série. No entanto, Toyoda observou que as máquinas produziam sempre em grande número. Mas o tempo para esses grandes lotes serem transportados até o armazém e transferidos para outras máquinas era longo. Logo, ele percebeu que o tempo entre um processo e outro demandava um maior período para estocar matéria-prima e o produto finalizado. 

Assim Toyoda conclui que esse não era o modelo ideal a ser levado para o Japão, uma vez que o espaço geográfico do país é menor do que os Estados Unidos. 

Dessa forma, juntamente com Taiichi Ohno, ele começou a idealizar um sistema em que a produção fosse flexibilizada, sem desperdícios.

Foi assim que surgiu então o modelo toyotista de produção.  

toyotismo, produção industrial, modelo de produção, características.

https://pixabay.com/pt/illustrations/meio-ambiente-espa%c3%a7o-3975077/

5 principais características do toyotismo

Existem algumas características que são típicas do sistema de produção toyota, confira as 5 principais:

Mão de obra qualificada: Todos os funcionários são treinados e têm conhecimento sobre todas as etapas que o produto passa durante o seu processo de fabricação;

2° Trabalho em equipe: A eficiência é uma das características do toyotismo, por isso, seus funcionários são treinados a trabalharem em equipe e assim, atingir melhores resultados;

3° Foco na qualidade: A qualidade do produto fica em primeiro plano nesse modelo de produção, sendo todas as etapas executadas com perfeição, e evitando defeitos de fábrica;

4° Sem desperdícios: Graças a produção por demanda, é possível evitar desperdício de matéria prima;

5° Tecnologia de ponta: Em contraste com a época, o toyotismo preza pelo uso de tecnologia em suas máquinas para obter melhores resultados.

toyotismo, produção industrial, modelo de produção, características.

https://www.novida.com.br/blog/toyotismo/

Princípios do toyotismo 

O toyotismo também tem alguns princípios em seu sistema de produção, entre eles os mais conhecidos são a automação, kanban e just in time. 

Conheça um pouco mais sobre eles:

Automação

A automação se refere ao uso de máquinas que identificam quando há algum problema e desligam sozinhas uma vez identificados. 

Sendo assim isso possibilita que um único funcionário consiga manusear mais de uma máquina ao mesmo tempo, o que, consequentemente, diminui os gastos com mão-de-obra. 

Kanban

Esse sistema foi produzido para ajudar a reproduzir o just in time. Ele tem como principal característica a agilidade e permite que as tarefas sejam administradas com rapidez. 

Assim ele funciona por meio de cartões e colunas coloridas que facilitam a visualização. Também é chamado de sistema visual. 

Just in time 

Esse sistema se refere a produção puxada, esta define uma hora para produzir, transportar e comprar. Dessa maneira, primeiro identifica-se a demanda para depois produzir. 

Com isso, esse sistema permitiu reduzir os estoques de matéria-prima e produtos inacabados, o que foi uma ótima solução para a falta de espaço nas fábricas japonesas. 

Diferenças entre toyotismo, fordismo e taylorismo

Entenda as principais diferenças entre esses modelos de produção: 

O taylorismo era um modelo de produção que adotava níveis mínimos de produção no trabalho e treinava de maneira exaustiva os seus funcionários. Ainda, o taylorismo fabricava seus produtos em massa similares uns aos outros, assim, esse sistema dependia do tempo que em que o produto levava até ficar pronto. 

No entanto se por um lado o taylorismo insistia no treinamento de sua equipe, o fordismo operava com pouco ou nenhum treinamento. Entre suas características, a principal motivação entre os funcionários era o ritmo da máquina e da linha de montagem. 

Todos os modelos de produção tiveram os seus pós e contras, entretanto, o toyotismo conquistou os donos de fábricas por produzir em demanda e poupar desperdícios, e também, por priorizar a qualidade de seus produtos.

toyotismo, produção industrial, modelo de produção, características.

https://pixabay.com/pt/photos/ind%c3%bastria-tecnologia-m%c3%a1quina-3d-3225119/

Além disso, os produtos fabricados no modelo fordista seguiam uma rígida padronização de montagem. 

Como vimos acima, o toyotismo produzia pequenos lotes de produtos sob demanda, dessa forma, não havia sobrecarga nos estoques. E, ainda, o que definia o ritmo de produção era a demanda, diferentemente do taylorismo e fordismo. 

Vantagens do toyotismo

A princípio, Toyota enxergou inúmeras vantagens no toyotismo, entre elas a redução da mão de obra em função da tecnologia, a produção adequada de acordo com a demanda e os produtos de qualidade devido a mão de obra qualificada. 

No entanto existem também algumas desvantagens, como por exemplo a diminuição de postos de trabalho, uma vez que um único funcionário pode comandar mais de uma máquina. 

Também, a falta de estoque pode resultar na falta de produtos quando necessários, e quando necessário mais produtos, a um maior período na produção do produto, dificultando que chegue ao consumidor. 

Conclusão 

Em resumo, essas são as 5 principais características do toyotismo e o que você precisa saber sobre o modelo de produção. 

O sistema foi inovador em sua época e foi responsável por transformar os formatos de trabalho e a relação entre produtor e consumidor.

Hoje em dia,  segue sendo utilizado em companhias ao redor de todo o mundo. 

Confira em nosso site: 5 Motivos para utilizar a Telemetria em seu negócio

FIT Tecnologia | SP (HQ)
Rua Maria Carmem Rodrigues Saker, 90
Boa Vista | Sorocaba | São Paulo
Brasil - CEP 18087-081
(+55) (15) 3500-9392
FIT Tecnologia | RS
Avenida Itália, 482
São Pelegrino | Caxias do Sul | Rio Grande do Sul
Brasil - CEP 95010-040
(+55) (54) 3039-5900
Horário: de segunda à sexta, das 8h às 12 e das 13h às 17h, exceto feriados.
© 2021 Fit Tecnologia. Todos os direitos reservados.
crosschevron-down